Comentários recebidos nos poemas por Adriele Bernardi



O Sol nasce para todos
Paulo Roberto S. Lira disse:

Parabéns minha querida????
Poesia fabulosa...

14 de Agosto de 2021 11:46

O Sol nasce para todos
M. X. Wells disse:

1 ano se passou...

14 de Junho de 2021 10:04

Eu sou o eu sou
Poesia, Eu Sou iamai disse:

Jung disse que todos temos Animus e Anima.
Freud mencionou que os poetas conheciam o Inconsciente melhor que muitos analistas.

Belo Poema!!
Faça mais, não para!!!

21 de Março de 2021 23:43

Eu sou o eu sou
Dr. Francisco Mello disse:

Mas bah... Parabéns, poetisa.
Sou historiador e como tal
degustei cada registro teu.
tudo a ver, tchê. Baita abraço.

19 de Agosto de 2020 01:22

Música, músico, musicalidade.
Vinicius Paiva disse:

Belíssimo! Em uma apoteose de poesia, descreve a música!

28 de Julho de 2020 00:05

Casa amarela
Leonardo Ribeiro disse:

Tão natural e profundo quanto a luz que reflete em teus cabelos, em sua fotografia. Momentos no qual uma casa abriga seja noite ou dia, todos os dias, em nosso dia a dia... em qualquer lugar onde esteja presente a nossa vida.

22 de Julho de 2020 22:07

O Sol nasce para todos
Joaquim Gomes Alves disse:

Resplendor, assim eu defino esta poesia,é como o sol sol que nos cobre com seu brilho, sem nada nos pedir em troca: Parabéns!

17 de Julho de 2020 22:35

Eu sou o eu sou
Edd Wilson disse:

Senti o clamor de seu versos na alma. Perfeito!

abraços poéticos.

30 de Junho de 2020 22:12

O Sol nasce para todos
Levy disse:

Adorei o poema, mas principalmente sobre o ponto de estarmos todos conectados e a fractalidade (se é que essa palavra existe) do universo.
Ótimo trabalho como sempre, escrita extraordinária e muito necessária.

23 de Junho de 2020 00:10

O Sol nasce para todos
Lú Galvão disse:

Perfeito!

14 de Junho de 2020 09:50

O Sol nasce para todos
Eduardo Vieira disse:

Como sempre, sua poesia mistura ousadia, sensibilidade, é moderna e muito acolhedora. Parabéns poetisa.

13 de Junho de 2020 21:17

O Sol nasce para todos
Daniel B. Souza Lindasformasdeamar disse:

Muito bom Adriele Bernardi, adoro a sonoridade de versos bem empregados, sem falar da reflexão que você me fez ter!!! Parabéns!!!

13 de Junho de 2020 14:15

O Sol nasce para todos
Hébron disse:

Adriele, bonito e importante poesia.
Sua mensagem é urgente.
Abraço

13 de Junho de 2020 13:30

O Sol nasce para todos
CORASSIS disse:

Aplausos !!!

13 de Junho de 2020 13:27

O Sol nasce para todos
Nelson de Medeiros disse:

Certeirros versos para este momento conturbado e caótico do planeta.

Muito bem lembrado.

1 ab

13 de Junho de 2020 11:27

Casa amarela
Joaquim Gomes Alves disse:

Magnifico, a recordação nos traz momentos mágicos, outrora vividos.

10 de Junho de 2020 19:49

Memórias
Ernane Bernardo disse:

Belíssimo poema Adriele, parabéns já está nos meus favoritos! Gratidão!

24 de Maio de 2020 07:43

Casa amarela
Nelson de Medeiros disse:

Penso, lendo seu poema, um casarão estilo barroco onde se desenvolveram grandes dramas e alegrias de seus personagens/moradores.

Assim intrpretei.
1 ab

23 de Maio de 2020 17:40

Casa amarela
Vilk Andrade disse:

Muito boa poesia!
Quantas lembranças nos trazem uma casa, boas e ruins.
Quando existe a rotina e repetição na vida. É o início do fim dela.

23 de Maio de 2020 16:59

Miserável
Gabs De Luca disse:

Tudo nesse poema me toca fundo, a dor que se instala, o prazer passageiro.
A música se une ao seu poema de uma forma muito bela. Parabéns!

Drink up with me now, and forget all about

17 de Maio de 2020 11:17

Para sempre Lily
Sonia Rodrih disse:

Bravo, Adriele!
Exemplo para os querem desistir de si mesmos... coragem!
Abraço!

14 de Maio de 2020 16:35

Para sempre Lily
umparentese disse:

Cortou o meu coração haha. Acho que esse conto roubou todas as minhas palavras. Simplesmente perfeito!

13 de Maio de 2020 23:20

Miserável
mundi87 disse:

Wow, nota-se q escreve muito! É, no entanto, muito triste o seu poema, demasiado, acho. Aqui vai uma musiquinha para a alegrar, visto q ainda é jovem. Espero q goste. https://youtu.be/gcw0HyD2UC0

13 de Maio de 2020 16:51

Miserável
umparentese disse:

UAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAL! Eu só sei que queria morar nesse poema! A forma que você se entregou nas palavras geram uma intensidade em qualquer um que ler!

9 de Maio de 2020 21:35

Miserável
CORASSIS disse:

Texto envolvente, para uma grande viagem!
Muita sentimentalidade percorrida.
Parabéns

8 de Maio de 2020 22:14

Miserável
Roseli Furini disse:

intenso, forte, pesado, verdadeiro.
realidade de muitos que se encontram \"encurralados\" em seus devaneios.
dificíl parar a leitura, adorei!

8 de Maio de 2020 22:11

Miserável
Camila Fiorentini disse:

Que instigante.
Você vai caminhando ao ler para um submundo. Como um buraco negro puxando.. muito bom! Parabéns!

8 de Maio de 2020 20:26

Miserável
Nelson de Medeiros disse:

Um poema prenhe de mistérios.
Bom de ler.

1 ab

8 de Maio de 2020 15:51

Miserável
Adriele Bernardi disse:

Muito obrigada Vilk! :)

8 de Maio de 2020 15:04

Miserável
Vilk Andrade disse:

Que versos isso incríveis!
Sentimentos exalados em cada palavra.
Parabéns!

8 de Maio de 2020 14:09

Página 1 de 3123»


« Voltar ao perfil de Adriele Bernardi