Adriele Bernardi

Música, músico, musicalidade.


Aviso de ausência de Adriele Bernardi
NO


Música, músico, musicalidade.

 

Em minhas veias correm acordes que reverberam ardentes

Ao mesmo tempo que meu coração bate em doce compasso

Metrônomo calibra minhas inspirações e expirações latentes,

Assim equalizo cada batida, cada passo em um soar devasso.

 

 

Meus ouvidos absorvem harmonia em cada som,

Em cada célula minha vibra notas musicais

Se de dó eu dou ré então de mi aspiro a canção

Respirando música em órgãos e em minhas digitais.

 

 

 

Como pude não perceber a obviedade disso?

Até o silêncio silencioso guarda uma dinâmica sonora

Toque, batuque, tique, tão simples, mas preciso

Que cala e suspira a alma que somente o adora.

 

 

 

Tudo no universo recende a música, ela é universal.

Incentiva o âmago a se encantar e se deslumbrar

Com um mero arranjo que energiza cada ser vital

Que tem em seu corpo um desejo de apenas sonhar.

 

 

 

Há muito já se dizia que fazemos tudo por prazer

Mas jamais faria algo que não fosse por música

Ela é a deusa que me motiva a simplesmente ser,

Vivendo nela, por ela e com ela, minha razão única.

 

 

 

Nada me faz viver melhor do que minha companheira,

Aquela que mora em meus pensamentos dia após dia.

Essa que me completa, me repara, conserta, me faz inteira.

Minha parceira que incorpora em mim pura poesia.

 

 

 

Minha amiga que me entende, me permite ser o que sou

Me permite chorar em seu ombro, em lágrimas iluminadas

Se suplico, me alegro, me achego e em seus braços vou

Consigo vislumbrar o paraíso nas notas em mim marcadas.

 

 

 

Ó divina música! Deusa da perfeição e beleza neste mundo,

A ti entrego a vida, o amor, meus desejos e minha felicidade

Pois você é o sossego do meu pavor, a luz que abriga tudo

E me faz deleitar, sublime, no leito da sua efêmera eternidade.

 

 

 

  • Autor: A.M.B (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 4 de Maio de 2020 17:59
  • Comentário do autor sobre o poema: Minha declação de amor a minha primeira paixão ardente: música. haha. Tenho certeza que muitos não vivem sem ela e eu também me incluo nisso. Música é matemática, poesia, química, física; música é o mundo inteiro, é uma linguagem universal e, sobretudo, é a minha parceira para a vida inteira. (até que a morte nos separe haha) :)
  • Categoria: Amor
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema:
  • Vinicius Paiva.

Comentários2

  • Ricardo Pires

    Muito Bonito.

  • Vinicius Paiva

    Belíssimo! Em uma apoteose de poesia, descreve a música!

    • Adriele Bernardi

      Muito obrigada Vini pelo comentário incrível!! 😉



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.