Comentários recebidos nos poemas por Romárico Selva



Tristeza
Maria dorta disse:

É preciso ir embora o inverno para s primavera dar lugar! É continuar..


15 de Dezembro de 2020 11:25

Tristeza
Shmuel disse:

Muito lindo está poesia, Romarico, que primor de texto.
Favoritei

14 de Dezembro de 2020 22:21

Saudades do amor
Shmuel disse:

Os tempos mudaram meu caro. Até conseguiram banalizar esse sentimento nobre.

Ah! Não é mais como dantes o amor.

Abraços ao poeta, Romarico Selva

9 de Dezembro de 2020 14:51

Carniceira.
Romárico Selva disse:



2 de Dezembro de 2020 12:54

Carniceira.
Lara Machado disse:

Poema sombrio e envolvente.

2 de Dezembro de 2020 11:05

Apelo.
Maria dorta disse:

Linda declaração de amor,poeta!

23 de Novembro de 2020 18:13

Velhice.
Elfrans Silva disse:

Caminhos por onde vamos !
\" É possível, ainda, dar frutos na velhice \"
Reflexivo. Parabéns amigo poeta

23 de Novembro de 2020 13:31

Para você.
Shmuel disse:

Rapaz, acho que vou enviar para um ser asqueroso.kkk
O teor da irá é forte, mas o propósito do texto é este. Perfeito!
Abraços ao poeta,
Romarico Selva

23 de Novembro de 2020 09:59

Para você.
Maria dorta disse:

Melhor sermos amigos! Que violenta contundência e esses raivosos ataques nunca te farão bem, presta atenção! Para ferimento tão profundo,só o bálsamo do perdão e do esquecimento curam. Que seja tudo apenas ficção!

22 de Novembro de 2020 17:57

Para você.
JUCKLIN CELESTINO FILHO disse:

Nao sei a quem é direcionado esses versos tão ácidos?Uma contundência impressionante.!

22 de Novembro de 2020 16:49

Para você.
Hébron disse:

Cara!
Poema com requintes de crueldade!!!
Forte, fortíssimo e impressionantemente violento. Inspiração da raiva? Ou extravazou em poesia para poupar aquele que de fato merecia uma surra?
Sou seu amigo! :)
Abraço pacífico!

22 de Novembro de 2020 15:21

Velhice.
Rosangela Rodrigues de Oliveira disse:

Toda idade tem sua beleza, a juventude com seu frescor, os mais velhos com sua bagagem imensa de conhecimentos e experiências...Poema pra se refletir... Parabéns

18 de Novembro de 2020 23:48

O mal soberano
CORASSIS disse:

Poeta e conterrâneo !
Soneto espiritual bem composto e verdadeiro!
Abraço

18 de Novembro de 2020 20:28

Velhice.
CORASSIS disse:

Soneto de grande profundidade humana ,
parabéns nobre poeta .
Abraço.

18 de Novembro de 2020 20:24

O mal soberano
lucita disse:

Posso levar esse poema teu pro blog onde cito vocês amigo poetas.
Ele falou alto ao coração dessa poetisa e missionária !
Bom dia amigo poeta.

18 de Novembro de 2020 08:06

Davi.
lucita disse:

Tenho um neto chamado Davi.
Vejo pouco mas amo muito ele.
Que seu presente seja tão lindo e radiante como o meu.
parabéns vovô Romárico!

13 de Novembro de 2020 22:07

Davi.
Edla Marinho disse:

Linda homenagem /declaração de amor a quem está pra chegar!
Por coincidência, eu devo postar algo do tipo ainda hoje. É a espera mais doce e gostosa que se pode ter. No meu caso, de mais um neto/a.
Seu poema ficou muito delicado e sensivelmente belo!!
Meus parabéns, abraço

13 de Novembro de 2020 12:49

O tempo.
Hébron disse:

Romárico, um soneto lindíssimo!
O tempo é enigmático e instigante!
Parabéns, poeta!
Abraço

10 de Novembro de 2020 18:43

O tempo.
lucita disse:

Profundo seu poema.
Parabéns amigo poeta!


10 de Novembro de 2020 10:53

O tempo.
Tamba.u disse:

muito bom!

10 de Novembro de 2020 08:46

O tempo.
Meno Maia Jr. disse:

O TEMPO É ALGO MAGNÍFICO E MISTERIOSO, NINGUÉM O EXPLICA, APENAS SENTIMOS SUA PASSAGEM. SERÁ QUE ELE PASSA? MISTÉRIO! PARABÉNS, AMIGO POETA.

10 de Novembro de 2020 01:35

Versos a uma vaca.
Cecilia disse:

Romarico, adoro seus temas: tijolo, porta, anjo. Vaca: A vida sem ilusões, nem pretensões, sem trabalhos nem responsabilidades. É irrelevante, depois, virar bife ou adubo.

5 de Novembro de 2020 15:52

Versos a uma vaca.
Romárico Selva disse:

Valeu.

5 de Novembro de 2020 08:42

Versos a uma vaca.
Lagaz disse:

Gostei

4 de Novembro de 2020 22:28

Versos a uma vaca.
lucita disse:

Tirando a parte de virar ...(bife)
Eu também até poderia de vez em quando, porque não:
almejar \"encarnar\" uma tranquila e ruminante vaca.
Podem ser mais sabidas do que pensamos ...
Gostei Poeta!

4 de Novembro de 2020 19:50

O egoista.
Romárico Selva disse:

Tamo junto, companheira. Obrigado.

4 de Novembro de 2020 13:36

O egoista.
(ND) disse:

Muito bom , poeta, gratidão pela Partilha! Boa reflexão, que não trilhemos este caminho...

3 de Novembro de 2020 19:34

Anjo.
Edla Marinho disse:

Muito lindo!
Primorosos versos, caro poeta.
Meu abraço.

2 de Novembro de 2020 23:12

Anjo.
Hébron disse:

Que soneto rico e lindo!
Parabéns, poeta!
Abraço

2 de Novembro de 2020 19:46

Nova geração
Cecilia disse:

Romarico, Gostei do seu estilo, visitei a sua página, gostei. Quem escolhe tijolo, porta, para versejar, já me ganha. Você escreve em bom e bonito português, é coerente e conciso mesmo no genero difícil que usa. É um bom poeta. Parabéns!

1 de Novembro de 2020 13:03

Página 1 de 212»


« Voltar ao perfil de Romárico Selva