Comentários recebidos nos poemas por Maria dorta



Tempo
Valdeci Malheiros de castro disse:

O tempo passa de forma inexorável. Ainda bem que suas emoções podem ser descritas em belas poesias. Parabéns.

26 de Outubro de 2020 07:15

Tempo
Helio Valim disse:

Parabéns Maria Dorta. O poema transmite uma intensa e contundente sinceridade. Um grande abraço.

26 de Outubro de 2020 00:40

Prisao
Maria dorta disse:

Verdade. Cada cabeça uma sentença. Certeiro!

24 de Outubro de 2020 23:48

Prisao
@(ND) disse:

Sempre em reflexão digo...Minha consciência meu juiz... Ótima reflexão Maria, gratidão pela partilha!

24 de Outubro de 2020 23:21

Prisao
Hébron disse:

A consciência é o juízo que mais nos atormenta...
Abraço, poetisa!

24 de Outubro de 2020 22:43

Prisao
Cecilia Merces Vaz Leandro disse:

Excelente! Parabens pelos versos!!!

24 de Outubro de 2020 22:16

Prisao
Ema Machado disse:

Nada é mais juiz que o julgo de si mesmo... Muito bom Maria! Parabéns!

24 de Outubro de 2020 21:56

Exilio
Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor] disse:

Maria dorta, espero que vá ler a resposta de seu comentário em meu poema. Grato.

24 de Outubro de 2020 11:16

Exilio
Edla Marinho disse:

Os versos provam que a tristeza não tira a beleza de uma verdadeira poesia. Amei seus versos, Maria, amiga poetisa!
Eu lhe desejo um abençoado final de semana.
Abraço

23 de Outubro de 2020 22:36

Exilio
Hébron disse:

Maria dorta, a tristeza e melancolia do poema são marcantes, mas a beleza da escrita traz o prazer da leitura.
Gostei muito!


23 de Outubro de 2020 08:36

Exilio
@(ND) disse:

Belos versos, dolorosos, mas ainda assim lindos. Gratidão Maria Dorta pela partilha...

23 de Outubro de 2020 01:45

Deux Moitie\'s
Maria dorta disse:

Grata pela leitura e apreciação.Frances sempre foi e aínda é minha paixão!

22 de Outubro de 2020 11:50

Deux Moitie\'s
Zaira Belintani disse:

Metade de mim amou o poema. A outra metade também! Eu também aprendi francês. Só que não pratiquei. Parabéns, Maria Dorta! maravilhoso poema!


21 de Outubro de 2020 19:55

Deux Moitie\'s
Maria dorta disse:

Gratissima Mestre, sua apreciação é um elogio. O teclado do smart é um desafio para escrever em idioma estrangeiro...sai modificando haha!

21 de Outubro de 2020 00:22

Deux Moitie\'s
Maximiliano Skol disse:

Parabéns, Maria Dorta.
Eu me perdi em alguns versos. Até que fui bom no francês. Fui premiado como o melhor aluno com o livro Raptado de Robert Louis Stevenson, no tempo em que se ensinava latim, francês, espanhol e inglês. Sinto- me pesaroso de não me ter mantido atualizado. Deu para entender muito sentimento do seu poema.
Parabéns de novo.

21 de Outubro de 2020 00:07

Pandemia
Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor] disse:

Lindo Maria, este insidioso mal, trouxe a nós todos, a prisão, o medo, a dor, a incerteza do amanhã, mas o amor, e nossos sonhos, vão sobreviver, e com certeza seus planos poderão ser realizados, e poderás ser feliz.. Grande abraço.

20 de Outubro de 2020 15:22

Pandemia
Victor Severo disse:

Belo.

20 de Outubro de 2020 14:58

Ilusão
Maria dorta disse:

Gravíssima Ary. Já estou selando meu cavalo branco haha

18 de Outubro de 2020 16:46

Ilusão
Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor] disse:

Lindo poema, a vida é assim mesmo, os castelos de areia, se desfazem . Mas o que se constrói, com carinho, com amor, com dedicação, nada pode destruir devemos lutar e construir sim, um castelo que não caia com o soprar do lobo, mas resista a tudo e com a força, do amor, em um raio de luz, sele o cavalo branco, e corra para encontrar a felicidade e a paz, no coração. Feliz semana para você.

18 de Outubro de 2020 15:41

Navegando Amores
Valdeci Malheiros de castro disse:

O amor navegando nas ondas da poesia. Lindo. Um feliz sábado.

17 de Outubro de 2020 07:57

Navegando Amores
CORASSIS disse:

Navegar é preciso
Já a vida em terra firme
Muitas vezes traz dores
O amor não está imune.
Triste e belo, retrato do amor.
Parabéns .
Abraço


16 de Outubro de 2020 22:46

Ainda é Amor
Maria dorta disse:

Grata pela leitura.

16 de Outubro de 2020 07:24

Ainda é Amor
Pedro Trajano de Araujo disse:

Lindo poema.

15 de Outubro de 2020 14:34

Ainda é Amor
Maria dorta disse:

Concordo com você,Edla. No fundo,quem mais viveu foi quem mais amou! Grata pelas palavras.

15 de Outubro de 2020 10:30

Ainda é Amor
Edla Marinho disse:

O amor não precisa ser sofrimento...
Ainda que haja espinhos, a flor continua tendo maciez nas pétalas...
Ainda é flor, assim como, mesmo se houve despedida, ainda é amor...
Belo poema!
Abraço.

14 de Outubro de 2020 23:24

Ainda é Amor
Maria dorta disse:

Grata,boa noite.

14 de Outubro de 2020 23:16

Ainda é Amor
Ema Machado disse:

Belo! Abç

14 de Outubro de 2020 21:16

Ainda é Amor
@(ND) disse:

Oi, Maria Dorta, linda poesia... Gratidão pela partilha!

14 de Outubro de 2020 20:16

Ainda é Amor
Monique F. disse:

Me vi no seu poema.

14 de Outubro de 2020 20:06

Ainda é Amor
Daiana Ferreira disse:

Muito bom, gostei!

14 de Outubro de 2020 19:17



« Voltar ao perfil de Maria dorta