Comentários recebidos nos poemas por Roberto Pacheco



Saudade
Maria dorta disse:

Perfeito! Saudações admiradas!

29 de Novembro de 2020 08:50

O que fazer?
Lilian Fátima disse:

Ou isto ou aquilo... Uma dúvida constante. Coração do ser tem esses momentos. Saudações poéticas. Abraços

28 de Novembro de 2020 13:06

O que fazer?
Shmuel disse:

Pois é mestre vivemos esses dilemas. Discreve com precisão!
Abraços.

28 de Novembro de 2020 00:42

Viver
Cecilia disse:

Gostei muito, Roberto. Nossa estrada vai se abrindo ao caminhar.

27 de Novembro de 2020 08:41

Viver
Maria dorta disse:

E viver bem é ter o privilégio de partilhar a beleza que consegues reunir em teus versos exemplares.

26 de Novembro de 2020 23:58

Viver
Valdeci Malheiros de castro disse:

Lindos versos,caro poeta. Parabéns

26 de Novembro de 2020 21:40

Início/Fim
Priscila Ribeiro disse:

Verdade, tudo é mesmo um ciclo constante! Bela reflexão.

25 de Novembro de 2020 18:29

Sem palavras
Hébron disse:

\'Sem palavras\' diz muito, além dos versos, sobre amar... Gostei!
Abraço, poeta

24 de Novembro de 2020 23:23

Sem palavras
Roberto Pacheco disse:

Hélio, obrigado!
Como poeta divido esse enigma: um poema autobiográfico sobre a dor de uma separação, atenuada em grande parte pela poesia...
Forte abraço poeta!
Roberto

24 de Novembro de 2020 22:19

Sem palavras
Helio Valim disse:

Parabéns Roberto. Poema enigmático com mensagem sutil: \"compreender o viver\" e \"definir o que é amar\". Um abraço.

24 de Novembro de 2020 22:12

Desumanização
Roberto Pacheco disse:

Grande poeta Shimul!
Sem dúvida, esse é um grave problema pós moderno. Grato pelas palavras e consideração... nos inspiram a poetizar a vida...
Forte abraço
Roberto

24 de Novembro de 2020 21:47

Desumanização
Shmuel disse:

Ah, mestre Roberto Pacheco, está dicotomia entre o ter ou ser, é o que está nos afundando.
Sabia reflexão.

23 de Novembro de 2020 22:38

Sobre Saúde
Jose Fernando Pinto disse:

Excelente texto Roberto! Diz muito em poucas e claras palavras, parabéns!

23 de Novembro de 2020 10:50

Sobre Saúde
lucita disse:

Obrigado pela partilha, que instrua muitos de nós!

21 de Novembro de 2020 18:34

A cura
Maria dorta disse:

Pílulas de sabedoria,poeta! Bom e inspirador poema!

21 de Novembro de 2020 10:22

Sobre Saúde
Maria dorta disse:

Belo poema,melhor que medicamentos, você não só é poeta mas um bom \" doutor\"...vou ser sua seguidora!

21 de Novembro de 2020 10:01

Hermenêutica
Ernane Bernardo disse:

Parabéns poeta Roberto Pacheco, concordo com o poeta Hebron, fez lembrar Khalil Gibran. inclusive estou lendo o próprio, \"O profeta\". Recomendo.

Um forte abraço!

20 de Novembro de 2020 11:24

Hermenêutica
Helio Valim disse:

Roberto seu poema é, praticamente , um pensamento de Khalil Gibran, concordo com Hébron. Assim como seu poema “Ser próprio” me lembrou Raul. Um abraço.

20 de Novembro de 2020 00:15

Hermenêutica
(ND) disse:

Verdade dita , poeta... Belos versos!
Gratidão pela partilha!

19 de Novembro de 2020 23:24

Hermenêutica
Hébron disse:

Roberto, já viram em seus versos estilo que lembrou Raul. Neste me reportou à Gibran Khalil Gibran...
Abraço

19 de Novembro de 2020 23:11

Ser Próprio
Hébron disse:

Poema de beleza intrigante e marcante.
Breve, mas com gosto que se estende na reflexão e no pensamento...
Abraço, poeta

19 de Novembro de 2020 23:03

Descomplicar
Shmuel disse:

Sim, esse é o caminho, poeta - descomplicar.

Abraços chuvosos de Sampa.

18 de Novembro de 2020 17:06

Descomplicar
Priscila Ribeiro disse:

Verdade, as vezes é mesmo necessário voltar ao início para descomplicar a vida. Belos versos!

18 de Novembro de 2020 14:30

Descomplicar
lucita disse:

Grande e sublime verdade!
Bom dia!

18 de Novembro de 2020 08:02

Ser Próprio
Helio Valim disse:

Parabéns Roberto. Belo poema, remete, sutilmente, a Raul Seixas. Um abraço.

16 de Novembro de 2020 19:33

Ser Próprio
Maria dorta disse:

Parabéns,poeta! Teu poema é um deleite.

16 de Novembro de 2020 19:27

Ditos e Não Ditos
Edla Marinho disse:

Ah! Como eu, também, queria escutar certos silêncios...
Queria entender tanta coisa que não foi dita e, principalmente, não dar ouvidos ao desprezo.
Mas, entendendo ou não, verdade é que a poesia me ajuda a melhorar a distimia.
Haja visto que a sua me agradou muito.
Tenha bom domingo e uma boa semana.
Abraço

15 de Novembro de 2020 12:53

Ditos e Não Ditos
lucita disse:

Que legal.
Gostei D+.


13 de Novembro de 2020 21:49

A emoção da alegria
Pimenta disse:

Sim. Tão verdadeiro. Obrigada pela partilha

9 de Novembro de 2020 17:16

A emoção da alegria
CORASSIS disse:

Receita para a felicidade!
Parabéns
Abraço

8 de Novembro de 2020 21:14

Página 1 de 212»


« Voltar ao perfil de Roberto Pacheco