Nunca é tarde: aos 77 anos, Seu Flávio publica primeira poesia

Seu Flávio é a prova de que nunca é tarde para começar algo. O aposentado publicou sua primeira poesia aos 77 anos. A mesma foi selecionada para compor um coletânea juntamente com outras 250 poesias.

Nunca é tarde: aos 77 anos, Seu Flávio publica primeira poesia

Flávio Gabriel Ghilardi, de 77 anos, é morador do Centro de Campo Bom. E o seu poema intitulado de “Sentimentos” foi selecionado entre mais de 2.500 outros que participaram da seleção do Concurso Nacional Novos Poetas.

Agora o poema dele faz parte do livro Poesia Livre 2020 que contempla obras de poetas de vários estados do Brasil.

O resultado do concurso sai no mês de abril deste ano de 2020 e há poucos dias o aposentado recebeu seus exemplares em sua residência. E esse é apenas o começo. Seu Flávio conta que possui mais de 30 poemas que pretende publicar num livro. Também, o morado do Centro de Campo Bom pretende lançar um livro contando sua história e para isso terá a ajuda de relatos de pessoas que fizeram parte de sua vida.

Ele conta que essa paixão pela escrita existia desde a época do colégio, mas a vida o enviou para um caminho diferente. Ele passou a trabalhar com exportação de calçados e nesse ramo permaneceu por mais de 50 anos. E, assim, passou a ter uma rotina de muitas viagens e tendo que cuidar da família.

Mas aos 77 anos ele se descobre poeta após realizar uma viagem. E o que ele viu (paisagens, natureza) serviu de inspiração para que ele começasse a escrever.

Os poemas de Flávio Gabriel Ghilardi possuem temas variados, indo desde a natureza, os sentimentos e também sobre Deus (a quem ele chama de “Divino Mestre”). Com papel e caneta na mão ele escreve as ideias que vão surgindo a todo e qualquer momento.

Para o poeta, a escrita é uma espécie de terapia. Essa atividade, juntamente com a jardinagem e cozinhar, o mantém ocupado e ajuda a manter a sua mente e também o corpo saudáveis. E com isso não há espaço para a tristeza.

Abaixo o poema escrito por ele:

 

Comentários3

  • SANTO VANDINHO

    Linda e reflexiva poesia ! Parabéns poeta (Que não tem idade para ser)!
    Paz e Bem!

  • Edla Marinho

    Realmente, nunca é tarde demais para ser é fazer tudo que se sonha.

  • NeivaDirceu

    Muito lindo , renascemos todos os dias... E este poeta nasceu junto com sua poesia publicada...

Enviar comentário