Estudante publica livro de poesia sobre sua fuga da Venezuela

“Desde el Exilio” traz poemas da jovem de 22 anos que precisou fugir da Venezuela devido a convulsões políticas.

Estudante publica livro de poesia sobre sua fuga da Venezuela

Após ter que se refugiar nos Estados Unidos no ano de 2014, Marianna Guédez Forgiarini TLM encontrou também refúgio no seu hobby: a escrita poética, algo que a ajudou a lidar com a dor por tudo o que estava passando.

 

Sobre o livro de poesia da estudante Venezuelana

O livro de poesia é divido em duas partes: uma está em sua língua nativa, o espanhol, já a outra é uma tradução desse, estando em inglês. O livro conta com poemas curtos, tendo apenas poucas linhas, mas eles são complementados com imagens que ajudam a enfatizar cada verso.

As ilustrações do seu livro foram elaborados por um ilustrador venezuelano que preferiu permanecer anônimo, pois teme algum tipo de retaliação por parte do governo da Venezuela.

Por meio desse livro ela deseja alcançar o público norte-americano, mostrando como seu país era e está, mas também mostrando como a democracia ali é fragilizada e contar também sobre a responsabilidade do engajamento cívico.

Com isso, Marianna Guédez conta que a certeza que tinha era de que não poderia mais permanecer ali, mesmo que isso significasse deixar sua família, que não queria se mudar dali.

Assim, ela foi para os Estados Unidos da América e se matriculou em um programa de ESL (a jovem não falava inglês naquela época), onde mais tarde conseguiu a residência permanente por meio de um sorteio do green card.

 

A publicação do seu livro

Em 2019 ela faz a publicação de “Desde el Exilio”. Em 2020 a jovem então ingressa no programa Translation and Localization Management (TLM), época em que também trabalhava em tempo integral como intérprete e tradutora. Com tudo isso, ela teve pouco tempo para divulgar o livro, além do que a pandemia do coronavírus adiou quaisquer planos para a divulgação.

Contudo, ela consegue dar uma certa prioridade para o seu livro algum tempo depois, conquistando espaço em jornais, programas de TV, podcasts e divulgando o livro também nas mídias sociais.

E o seu esforço valeu a pena, pois sua obra ganhou repercussão e ela foi convidada para aparecer na mídia, em eventos relacionados a tradutores e em universidades nos Estados Unidos.

Enviar comentário