Maria dorta

Herança

Ano acabado,eu me revisando

Ainda estou ,a limpo, me passando 

Vim para o mundo tão inacabada!

Palmada saudou_ me na entrada!

 

Sim,entramos na vida apanhando.

Começa o processo de aprendizagem.

O ar,em nosso pulmão,com dor entrando.

O desconforto da vida é vantagem?

 

A fome ensinou o seio sugar

A mãe nos pariu na dor,deu_ nos seu DNA.

Tua ancestralidade te espreita

Através do leite, está cota feita 

No mais,não esqueça,ao ser gerado

A conta geracional será zerada

Terá que ser paga,não é piada.

Já entramos na vida, cidadão,

fatalmente endividados,sem perdão.

 

Maria Dorta 06_01-2022

 

 

  • Autor: Maria dorta (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 6 de Janeiro de 2022 09:38
  • Comentário do autor sobre o poema: Ponderações socio-polico_ culturais.
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:
  • Usuários favoritos deste poema: Shmuel, CORASSIS, @(ND).

Comentários10

  • JUCKLIN CELESTINO FILHO

    Seu poema é uma lição de como fomos gerados, um hino de amor e exortação às nossas mães razão de nossas vidas.
    Muito bem escrito.
    Parabéns, amiga.

    Forte abraço!

    • Maria dorta

      Quanta generosidade com meu escrito. Fico gratificada com sua leitura e opinião. Abç

    • Anny

      É uma dívida que trazemos por toda a vida com nossos pais. A herança genética mostra a nossa história de vida, os ancestrais. Bonita composição, sábia mensagem! Um feliz dia, muita inspiração!

      • Maria dorta

        Verdade. Dívida eterna! Gratidão por tua leitura e opinião. Abç

      • Shmuel

        ..."Vim para o mundo tão inacabada!
        Palmada saudou_ me na entrada!"...
        Esta Dorta, com suas sacadas poéticas precisas. É uma exímia arqueira...amei esta auto revisão.
        Abraços!


        • Maria dorta

          Há!!há! Você é fácil de agradar,! Gratidão,amigo poeta!

        • Lara Machado

          Belo poema! E essa conta seria paga com amor abstrato que se concretiza em ações cheias de significado.

          • Maria dorta

            Perfeito. Mas não se engane! Já nascemos devendo as dividas que o governo faz em nome da Nação. Triste assim. Sou grata pela sua leitura e opinião. Abç

          • CORASSIS

            Já disseram tudo , só mais um termo a ti : fantástica.
            Também me junto ao Shmuel ao favoritar. Abraço .

            • Maria dorta

              Gratidão,poeta. Rsrs você é meio suspeito,! Não estou tão assim em alta!

            • Janderson Shady

              Belo poema de ancestralidade e geração. Fantástico.

              • Maria dorta

                Gratidão por sua leitura e gentis palavras!

              • Menino e a Lua

                Como me fazia falta ler algo tão incrível! Obrigado por compartilhar

              • Maria dorta

                Gratidão,poeta,mas em termos de "ser incrível" basta você ler teus poemas. Assino e confirmo: talento inato.

              • @(ND)

                Fantásticooooo, Dorta, amei , quanta sabedoria e verdade numa só poesia! Obrigada por partilhar! Abraços!

              • Maria dorta

                Gratidão lhe devo! E agradeço tuas palavras,sei que são sinceras! Bjs



              Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.