Nelson de Medeiros

LI O TEU POEMA...



LI O TEU POEMA...

 

Faz tempo que não lia um verso teu... Saudade!

Estava quase me esquecendo que te amei...

Hoje eu li e vi a enorme cumplicidade

Com as linhas do amor que um dia te jurei!

 

Quanto lirismo... Revi momentos... Sonhei

E, me perdi nas dobras do tempo!

Faz tempo que não lia um verso teu... Saudade!

Estava quase me esquecendo que te amei...

 

Sabe, o teu poema me fez pensar na imortalidade,

Já que essa crença – eu creio- é a suprema lei...

Quem sabe, aqui, nesta escola de dor, estaremos

Apenas cursando um período da eternidade?

Faz tempo que não lia um verso teu... Saudade!

 

Nelson de Medeiros

23/11/2021

Comentários9

  • CORASSIS

    Esperamos com ansiedade para ler um novo poema teu !
    Bravo , abraço amigo Nelson .

    • Nelson de Medeiros

      Boa noite, meu amigo.
      Poxa. Que honra, quanta consideração poeta como você, aguardando versos meus. É de se sentir lisonjeado e muito agradecido cosm tamanha gentileza,
      ab

    • Elfrans Silva

      Com certeza a leitura ou a releitura destes poemas acrescentaram esta saudade aí, caro poeta Nelson. Lendo com os olhos e a alma e relembrando os conteúdos. Muito bom os poemas reflexivos. Abraços fraternos. Ótima tarde pra você

      • Nelson de Medeiros

        Ah! Com certeza, poeta amigo. Poesia sempre deixa marcas indeléveis nos corações sensitivos que amam e só desejam a paz e bem estar de seus irmãos. O amor . em qualquer de suas faces, bem intencionado, é sempre motivo de lembranças bias, sem fim..
        abraço

      • Rosa Desirré

        Lindo poema.
        Nas lembranças permanecem as saudades.
        Um abraço poeta.

        • Nelson de Medeiros

          Boa noite, menina, poeta.
          Não sabes como me encanta a tua presença e teus comentários sempre incentivadores. Bem demonstram, juntamente com seus poemas, a tua personalidade.
          1 abraço

        • Claudia Casagrande

          Tão lindo, fez com que eu também sentisse saudade....
          Encantada com mais este poema seu.
          Parabéns!
          grande abraço

          • Nelson de Medeiros

            Ah! Que imensa alegria me traz tua presença aqui. Saudade, quando sentida por algo que nos foi caro e que nos fez feliz, ainda que por momentos, é sentimento que encanta.
            Vale sempre e sempre a tua companhia aqui neste recanto onde podemos cantar nossos sonhos, nossos desejos, nossas frustações e nossos momentos de alegria e felicidade.
            Forte abraço com a minha admiração.

          • Shmuel

            Nelson Medeiros, mestre,! Escreve com a alma genuína de um poeta, que domina a línguagem do amor. Então sai um poema deste, que toca no amago da nossa sensibilidade.

            ..."Estava quase me esquecendo que te amei"... (Lindo!)
            Abraços,

            • Nelson de Medeiros

              Boa noite, mestre! Receber tais elogios de seresteiros e trovadores como você, enche-me de orgulho e vaidade ( boa).
              Abração pra ti, poeta.

            • Anny

              Lindo poema! Um feliz dia, com muita inspiração!

              • Nelson de Medeiros

                Oi Anny. Feliz sim, sempre com tua presença na minha escriva.
                Abração pra ti.

              • Maria dorta

                Verdade,poeta ! A saudade às vezes nos pega no regaço e rememoramos um grande amor do passado ( ou vários!). Aí a melancolia pode nos pegar pelo braço. Feliz de quem amou mais! Tem sempre uma colcha de retalhos amorosos para se aquecer.
                Em tempo: imortal tu já és, pelo talento poético! Chapéu!

                • Nelson de Medeiros

                  Boa noite minha amiga poeta.
                  Prazer sempre renovado quando venho aqui e vejo tuas marcas, sempre sábias e bem concatenadas em meus versos. Às vezes nem sei como agradecer tanta atenção.
                  Forte abraço, Maria.

                  • Maria dorta

                    Digo o que sinto pois ao te ler,o melhor de mim se mostra...não precisas agradecer. Basta nos dar sempre este prazer que é ler os pedaços de teu ser que em poemas convertes.

                  • LEIDE FREITAS

                    Uma poesia maravilhosa em toda acepção da palavra. Boa noite!

                    • Nelson de Medeiros

                      Boa noite Leide.
                      Imensa é a minha gratidão por ti, companheira das letras. Tua presença é sempre motivo de satisfação para meu ego.
                      Ab

                    • Hébron

                      Lindo poema!
                      Contigo conheci esse interessante formato e já andei me aventurando 'rondeando' por aí...
                      Abraço, grande Nelson



                    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.