Hébron

Versos do desvario

 

Conceda-me esta dança
Meu desejo, esperança...

O amor é sem limite, ainda sente
Meu toque ainda quente
Em sonho no travesseiro
Das suas carícias, carente
As suas curvas, meu devaneio
Sem pudor, calorosamente
É o brilho dos meus olhos
Em sua nuca, o meu roçado
Meu rastro em seu corpo tocado
Suspiro, deslizo-lhe, água de rio
Explorando toda sinuosidade
Desfiladeiros, corredeiras, vales
Dos seus olhos todo brio
Na ponta da língua, seu nome
Desejo quase febril, me consome
Contornos do seu quadril
Sedenta sensualidade
Que desemboca em seus lábios
Lábios que me represam o paladar
Com gosto de sacra luxúria...
Fronteira da paixão, incúria
Oratória de amor, é meu púlpito
Múltiplos beijos, lábios múltiplos
Hálito fresco, ofegância de luz
Êxtase de todo um oceano em que rio
Numa hipérbole da fantasia
Versos do desvario
Sonho ardente que me seduz
Sonho candente em que lhe despia
Anseios expostos, sedução 
Anverso, em minhas mãos
Sou seu poema, faço-lhe poesia...

Conceda-me esta dança
Meu desejo, esperança

  • Autor: Hébron (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 13 de Fevereiro de 2021 23:23
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 38
  • Usuário favorito deste poema: Ernane Bernardo.

Comentários9

  • Maria dorta

    Louca ela se não te conceder esta dança .!Tem um prato de iguarias ofertados,com requinte de amor poesias,gula e até pecados consentido...Um verdadeiro banquete sensual e poético. Chapéu!

    • Hébron

      Obrigado, poetisa!
      Esse é para maiores de 18 anos! Rsrs
      Abraço

    • CORASSIS

      O amor alimenta o coração e os poemas
      parabéns , abraço poeta amigo

      • Hébron

        Obrigado, meu amigo.
        Eu me aventurei em versos mais ousados!
        Abraço

      • Claudio Reis

        A libido poetica muitas vezes nos ensina a por em pratica os desejos controlados.

        Poeta First Class!

        Abraços amigo Hébron...Siga feliz.

        • Hébron

          Muito obrigado, Cláudio!
          Sua leitura e comentário me deixam muito feliz e é valioso incentivo.
          Grande abraço

        • lucita

          Uufffa... Que dizer desses arroubos poéticos!
          Que seja eterno enquanto dure, e que perdure e que perdure...
          O desjo... Esperança!
          Linda semana!

          • Hébron

            Obrigado, Lucita!
            Os versos são fantasias das palavras...
            Um pouco ousado na sensualidade, reconheço.
            Abraço

          • @(ND)

            Essa é para maiores de 18 anos , Hébron? Como diz aí o amigo Corassis a poesia alimenta a alma... Parabéns pelo devaneio sensual e poético...

            • Hébron

              Obrigado, Neiva!
              Um exercício um pouco ousado, para adultos! rsrs
              Abraço

            • Jose Fernando Pinto

              Muito bom amigo Hébron, com ritmo e tudo! Parabéns!

              • Hébron

                José Fernando, um poema no limite... rs
                Muito obrigado!
                Abraço

              • Eras

                Belos versos, o amor e a paixão sempre a inspirar os poetas.
                Muito bom, poeta.

                • Hébron

                  Obrigado, poeta!
                  Busquei balancear paixão e sensualidade bem definida. Tentei produzir um texto com erotismo, mas sem vulgaridade.
                  Abraço

                • Ernane Bernardo

                  Um poema de tirar o fôlego, 10000 aplausos pela beleza da obra. Favorito. Bom dia cheio de inspirações como este meu nobre poeta Hébron.

                  • Hébron

                    que satisfação receber sua visita e a generosidade do seu comentário!
                    muito obrigado, meu amigo

                  • Claudia Casagrande

                    Seus versos sobre a paixão são apaixonantes.
                    Maravilha.
                    Parabéns!
                    boa semana

                    • Hébron

                      Poetisa, gratidão por sua visita. Fico feliz que tenha gostado.
                      Grande abraço e boa semana



                    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.