Nobel de Literatura 2021 vai para Abdulrazak Gurnah, da Tanzânia

O escritor da Tanzânia, Abdulrazak Gurnah, venceu o Prêmio Nobel de Literatura 2021. O romancista nasceu na ilha de Zanzibar, mas foi radicado no Reino Unido.

Nobel de Literatura 2021 vai para Abdulrazak Gurnah, da Tanzânia

Gurnah recebe o prêmio que é o maior reconhecimento cedido a um escritor vivo em todo o mundo.

O anúncio foi feito hoje, quinta-feira (07/10), pela Academia Sueca e surpreendeu as bolsas de aposta. O tanzaniano não possui nenhum livro traduzido no Brasil.

 

Um pouco sobre Abdulrazak Gurnah, da Tanzânia

No ano de 1968 ele foi para a Grã-Bretanha como estudante, após fugir de Zanzibar quando tinha 18 anos com o objetivo de escapar da perseguição que os cidadãos árabes sofreram durante a Revolução de Zanzibar

“Paradise” (1994) é um dos romances de Gurnah que foi selecionado para os prêmios Booker e o Whitbread Prize.

Ele é descrito como um expoente da literatura da era pós-colonial, tendo seus olhos voltados para a África Ocidental.

O escritor e romancista conseguiu um grande feito, que foi ser o primeiro autor tanzaniano a obter o Nobel de Literatura.

Nas palavras do comitê que constituiu o Nobel de Literatura 2021, a escolha por Gurnah foi devido a:

O porta-voz da Academia Sueca ainda complementou com o seguinte:

E ele ainda segue dizendo que:

A Academia Sueca foi fundada há 232 anos e o objetivo era proteger o idioma do rei da Suécia (tendo sido fundada por ele mesmo). E desde o ano de 1901 que ela é a responsável por indicar o vencedor do Prêmio Nobel, o qual recebe uma premiação de 10 milhões de coroas suecas (o que dá algo em torno de R$ 6 milhões).

Enviar comentário