“Neste livro eu sangro mais”, diz poeta Gilson Cavalcante sobre novo lançamento

O poeta, escritor, compositor e jornalista Gilson Cavalcante lança um novo livro de poesia intitulado “A arte de desmantelar calendários”.

Neste livro eu sangro mais, diz poeta Gilson Cavalcante sobre novo lançamento

 

Mais sobre o novo livro de poemas de Gilson Cavalcante

Abordando temas como humor, acúmulos, o tempo, a busca para conseguir completar o vazio da existência, etc., o poeta utiliza-se da metalinguagem em toda a sua obra. Ele conta que escreve em diferentes momentos de sua vida, seja quando está só ou com outras pessoas.

O livro possui prefácio de Gesimário de França Carvalho e traz poemas escritos por Cavalcante tanto antes quanto também durante a pandemia.

Segundo o poeta, ele encontra-se trabalhando para elaborar uma poesia acessível, numa “linguagem gostosa”, segundo descreve ele mesmo. Ele completa que, no entanto, os poemas são feitos para que as pessoas sintam, ainda que não entendam.

Mas Gilson Cavalcante não somente gosta de escrever, como também de declamar seus poemas. E isso ele tem feito por meio de vídeos no Instagram, sendo ele um slammer do cerrado (slammer é aquele que participa das chamadas batalhas de poesia).

Ele foi ganhador de diversos prêmios como o Troféu Goyazes 2011 (prêmio por poesia) e o prêmio da Bolsa de Publicações Maximiano da Matta Teixeira, em 2008.

Com o uso de muitas imagens e a experiência de um escritor que sabe o que sente e como discorrer sobre isso, “A arte de desmantelar calendários” chega por meio de recursos da Lei Aldir Blanc. Antes desse, ele havia lançado o livro ““O amor não acende velas”.

Enviar comentário