Lya Luft, premiada escritora brasileira, morre aos 83 anos

Lya Luft, escritora brasileira premiada, com 31 obras publicadas, morreu aos 83 anos. Ela é considerada uma das maiores autoras do Brasil.

Lya Luft, premiada escritora brasileira, morre aos 83 anos

A escritora do Rio Grande do Sul morreu na última quinta-feira (30/12), em sua casa, durante o sono. Lya tinha sido diagnosticada com um câncer de pele agressivo (melanoma) há sete meses.

Lamentavelmente, quando o câncer foi descoberto ele já havia se disseminado por todo o organismo (estava em estado metastático).

Quando descobriu o câncer ela passou por diversos tratamentos como a imunoterapia (para fortalecer a imunidade a fim de combater o câncer), radioterapia e cirurgias também. Em 21 de dezembro ela recebeu sua última alta e queria passar seus últimos dias em seu apartamento.

 

Um pouco sobre a escritora Lya Luft

E a autora, que é dona de 31 títulos que compõem uma obra premiada, já se aventurou por diferentes gêneros como poesia, ensaio, romance, conto, crônica, memórias e infantil. Sempre tendo uma imaginação bastante fértil.

Em seus livros havia personagens complexos e densos, algo que só poderia ser obtido por uma mente que não tivesse medo de se deixar guiar, viajando de forma corajosa pelo mundo da imaginação.

Lya Luft deixa o marido, o engenheiro e também escritor Vicente de Britto Pereira, os filhos Susana e Eduardo (esse um professor de Filosofia) e sete netos e netas. A escritora foi a mãe também do engenheiro agrônomo André, que faleceu no ano de 2017. O corpo da escritora brasileira será velado em uma cerimônia restrita a poucas pessoas, em seguida ele será cremado.

Comentários1

  • SANTO VANDINHO

    TRISTE ! Paz e Bem ! "Poeta ou Poetisa ao serem Transformados (Morrer), deixa seus escritos Benditos ou Malditos para serem lidos, julgados e servidos"

Enviar comentário