“Lucila Nogueira: Poesia Reunida”: coletânea da fase inicial da poeta

A coletânea “Lucila Nogueira: Poesia Reunida” reúne obras da fase inicial da poeta brasileira.

"Lucila Nogueira: Poesia Reunida": coletânea da fase inicial da poeta

Lucila Nogueira foi também ensaísta, contista, crítica literária, tradutora e professora universitária. Suas obras foram destaque no estado de Pernambuco e agora, com a curadoria de André Cervinskis, esse material pode ser revisto nessa coletânea lançada em janeiro deste ano.

O material da poeta radicada no Recife é uma produção da Bersato Cultural e recebeu o incentivo do Funcultura. Nessa coletânea estão três livros que fazem parte da fase inicial da poeta brasileira, sendo: “Almenara” (1978), “A Dama de Alicante” (1990) e “Livro do Desencanto” (1991).

Nos livros que fazem parte dessa seleta a poeta busca o equilíbrio entre estética e o usufruir literário, assim como entre o conteúdo e a forma. Nas obras ela traz também um pouco sobre raízes identitárias e miscigenadas, onde utiliza-se de elementos da cultura brasileira, ibérica, cristã e celta.

Essa obra teve uma tiragem de 1000 exemplares os quais serão doados para bibliotecas e também instituições de ensino. E haverá ainda a doação de 50 audiobooks com o intuito de promover a acessibilidade de pessoas que possuam deficiência visual.

 

Um pouco sobre a poeta brasileira Lucila Nogueira

Lucila Nogueira nasceu no Rio de Janeiro, mas foi radicada no Recife. Ela tem identidade luso-galega e foi integrante do grupo literário pernambucano denominado de Geração 65.

O primeiro livro de Lucila foi “Almenara” (publicado em 1979). Ao longo de seus anos de carreira ela publicou mais de vinte livros.

Sobre o lançamento da coletânea, André Cervinskis comentou o seguinte:

Enviar comentário