A despedida do poeta José Manuel Caballero Bonald

O universo poético perde mais um de seus grandes poetas. José Manuel Caballero Bonald se despede após o mundo ter por 94 anos a honra da sua presença enriquecendo a literatura espanhola.

A despedida do poeta José Manuel Caballero Bonald

Bonald foi o ganhador do prêmio Cervantes, um reconhecimento considerado como o Nobel da literatura espanhola.

O poeta faleceu no último domingo, dia 9 de maio, aos 94 anos, segundo informações apresentadas pelo instituto Cervantes.

Bonald nasceu na Andaluzia em 1926, sendo filho de pais cubanos. A mãe do autor era descendente do Visconde Louis Gabriel Ambroise de Bonald, o qual era um filósofo tradicional francês estabelecido na Andaluzia em meados do século XIX.

Mas além de poeta, Bonald foi também romancista e ensaísta, com o prêmio Cervantes o galardoando por sua vasta obra nessas áreas também.

Foi entre 1944 e 1948 que ele escreveu seus primeiros poemas. E teve como influencia em sua jornada literária autores como Emilio Salgari, Jack London, José de Espronceda, entre outros.

No ano de 2012 ele é indicado como ganhador do prêmio Cervantes e o recebe em 2013 na Universidade Alcala de Henares.

 

Mais sobre o poeta e escritor José Manuel Caballero Bonald

José Manuel Caballero Bonald carregava consigo uma enorme bagagem literária, tendo escrito, entre tantas, obras como: “Las Adivinaciones” (1952), “Manual de Infractores” (2005) e também “Entreguerras” (2012).

Pedro Sánchez, que é o chefe do governo espanhol, fez uma homenagem ao poeta e escritor nas redes sócias, na mensagem ele dizia o seguinte:

O presidente do júri, qual fora anunciada sua vitória com o prêmio Cervantes, destacou que Bonald era uma das mais importantes figuras da literatura da Espanha, tendo ele também uma projeção ibero-americana proeminente.

Enviar comentário