Maria dorta

Coração

Coração cansado de bater

continua a cumprir o fado

arreia o fardo do sofrer

desiste.Encara o descaso.

 

Coração mil vezes ferido

órfao  de amor verdadeiro

vai continuar combalido.

Segue fiel,sendo companheiro.

 

Eu te louvo,coração senil

mesmo ferido,desamado

dia a dia pisoteado

novo ou velho,segues gentil!

 

Ter capacidade de amar

E nem de longe ser amado

não deve te levar a chorar

pois  nenhum deus foi capaz de amar

Não ser amado e ainda

manter-se incólume e sábio!

 

Maria Dorta  3-12-2020

 

  • Autor: Maria dorta (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 3 de Dezembro de 2020 20:41
  • Comentário do autor sobre o poema: Ensaio poetico
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários9

  • @(ND)

    Eita que o amor faz dessas coisas... Coração com muitas nuances... Lindo versejar, Maria... Gratidão!

  • Cecilia Merces Vaz Leandro

    Precisamos muito do amor em nossas almas!!! O coração dói de vontade de amor! Goste muito dos versos! Parabens!

  • lucita

    Coração é a peça mais linda em nós, né?
    Abraço amiga!

  • Ema Machado

    Sorte a nossa, tem muita terra seca por aí... Belos versos, querida!

  • Maria dorta

    Grata pela magnanimidade!

  • Valdeci Malheiros de castro

    Coração de poeta é um jardim de poesias. Lindos versos. Um bom dia.

  • Maria dorta

    Grato por tua leitura e apreciação.

  • Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor]

    Ah ! coração, quando feliz é um grande companheiro, se triste nos magoa o dia inteiro, quando nos amola muito, trocamos ele pelo travesseiro, e assim ele um dia por derradeiro, se une a outro, e fazem um banzeiro, transforma nossas vidas ao achar o amor verdadeiro...Abçs

  • Ernane Bernardo

    Belo poema, mesmo cansado o coração é motivado com belos ensaios. Parabéns, poetisa Maria Dorta. Forte abraço.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.