Lilian Fátima

Defina saudades, se puder.

Defina a saudade, se puder.

Sentimento difícil  de descrever

Um vazio que aflige o ser

Uma sensação espinhosa

 

A procura do que  antes havia

Uma perda que se faz sentida

Alguém ou algo que nos preenchia

A vida fica então, pesarosa.

 

O dia passa insosso e sem cor

A noite machuca o coração

Companheira inseparável da solidão

A  saudade é muito impiedosa.

 

A saudade matreira, traz inquietação

Pode fazer chorar, enlouquecer ou definhar

Causa desconforto e também faz suspirar

O artista a toma com sua inspiração

Por ser complexa, atroz e dolorosa

 

O que seria a saudade então?

Esse sentir que nos faz voltar no tempo

e lembrar de alguém e bons momentos?

E assim pode ser salutar e venturosa.

 

Defina a saudade se puder.

 

Comentários5

  • Willie Stchaikovski

    Que arte linda! Parabéns para poeta, conseguiu fisgar o meu coração com cada palavra. Ao mesmo tempo que o coração apertou ao refletir, ele se encheu de alegria ao ler esta bela obra!

    • Lilian Fátima

      Fico muito feliz com sua apreciação e palavras de apoio. Meu carinho

    • lucita

      Lindíssimo. Poetisa!

      • Lilian Fátima

        Muito me agrada sua presença , leitura e comentário. Abraços

      • (Neiva Dirceu)

        Lilian Fátima. colocando aqui minha definição através de um pequeno poemeto que escrevi anos atrás...
        "Saudade minha amiga
        é dor que castiga, mas,
        é o amor que insiste em ficar
        Saudade é dor, não dá para codificar..." NeivaDirceuSM
        Linda poesia poeta, gratidão!

        • Lilian Fátima

          Belissima expressão poética da Saudade...Uma honra em receber-te aqui .Grata

        • Valdeci Malheiros de castro

          Saudade é inspiração para belas poesias. Parabéns. Um bom dia.

          • Lilian Fátima

            Eu agradeço a leitura e apreciação.Boa noite.

          • Nelson de Medeiros

            Linda a tua poesia!
            Saudade não se define se sente.

            1 ab

            • Lilian Fátima

              Sempre muito gentil e participativo. Abraços



            Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.