Maria dorta

Quase Súplica

E passeei meu cansado olhar

por tua face,serena,bela.

Olhar de anjo que se desvela

Profundos poços de candura revela..

 

Uma visão de sonho,perdi o chão!

Eras celeste visão,na minha desrazao

confesso sem pejo: quem dera eu ousasse

Sair passeando pegada na tua mão 

 

Saudades do que não terei,nem ousei.

Oleiro pela argila ansiando,

para criar_ te,moldar_te como sonhei

Minha obra de arte fazer_te,amando_te

Tudo fantasia,eu sei mas,não me negues

Morrer sem beber da água da tua fonte!

 

Comentários6

  • Elfrans Silva

    "Sair passeando pegada na tua mão".
    - Raras cenas hoje, mesmo entre enamorados. O que foi realidade, hoje relegamos à fantasias. E lamentamos, não é mesmo? Seu poema é nostálgico, porém trás uma esperança de reviver oque passou. Abraços fraternos poeta Dorta.

    • Maria dorta

      É isso. Nós somos um aglomerado formado do ontem e do hoje. A evolução matou muito do romantismo e hoje os enamorados tem outro comportamento. Nem sequer se conhecem bem e já vão pra cama! Tudo se tornou mais fácil porém,quebrou muito o romantismo. Grata pela tua participação.

    • Rosa Desirre

      "Sair passeando pegada na tua mão..."
      Como eu queria tudo isso também.
      Parabéns pela linda escrita.
      Abraços!

      • Maria dorta

        Ataque de romantismo rsrs. Gratidão pela tua gentileza!

      • (Neiva Dirceu)

        Ótimo exercício, que se transformou num presente para quem faz a leitura... Abraços , poeta bom demais ler-te.

        • Maria dorta

          Gratidão pela tua leitura que valoriza mais meu modesto poema.

        • Ema Machado

          Lindo e nostálgico! "Chapéu"

        • Junior

          Belíssimo versejar, um primor. Uma excelente noite estimada poetisa.

          • Maria dorta

            Essas gentilezas alimentam o poeta. Gratidão,Júnior!

          • Nelson de Medeiros

            Bom dia poeta!

            Que lindo!!!
            A estrofe fecho é de uma beleza e sensibilidade sem fim. Quanta inspiração, quanto lirismo.
            10 pra ti poeta.

            1 ab

            • Maria dorta

              Nota 10 e' pra você,Nelson. E ainda você ganha " suma cum lauda"...para mim só você ter opinado,mesmo com exagerada gentileza rsrs já valeu!! Muito grata!



            Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.