Maria dorta

Por toda Eternidade

Quando te amei,eras um ser sem coroa

Nem tinhas reinado,tampouco vassalos

Mas,construí um trono e te ofertei.

Meus poucos preconceitos larguei

Já não era a mesma,outra me tornei

Era rainha e me vi escravizada.

Parecia ser cavalo selado

a' mão,pronta a ser montado

Na verdade, aquele amor prometia

Era minha alegria,uma fantasia

O que eu almejava era utopia

Alguém que me desse acabamento

Para eu concluir meu aperfeiçoamento

Mas,que contradição! Eu que me achava

Unica, perfeita e acabada!

Nunca chegamos a ser dois em um!

Éramos dois separados, às vezes nenhum.

Entravamos  em combustão,nos queimavanos!

Nesta quebra de braços,perdiamos

Mas,nenhum reconhecia, partiamos

Separados vivíamos,atormentados.

Fingindo sermos auto_ suficientes.

Por orgulho ou por vaidade até

Fomos deixando o tempo passar,sem fé.

Até que só um de nós restou,foi cruel!

A dama da foice sua vida ceifou.

Comigo deixou o pranto e a lição aprendida.

Hoje,coroa de espinhos ostentando

Estou viva e queixo erguido,me equilibrando.

No mais íntimo de mim,guardo ciosa

A coisa mais bela e preciosa

É a esperança de no pós_ vida

Voltar a reencontra_ lo e enfim

Unidos,sem egos, et'ereos

Juntos estaremos auspiciosamente!

 

Maria Dorta.      Seixal 15_7_2021

 

 

 

 

 

Comentários9

  • CORASSIS

    O amor é um exercício poético eterno!
    aplausos nobre poetisa Dorta
    abraços .

  • Maria dorta

    Grata por tua leitura e palavras sempre indulgentes!

  • Claudio Reis

    Qualquer maneira de amor vale a pena!
    Disse o poeta!

    Seus poemas exprimem todo amor armazenado em ti, poetisa querida.
    Abraços

    • Maria dorta

      Pode ser. Mas tem tbem muito de imaginário. Grata pela presença amiga!

    • Estevao cantuaria costa

      Estava um pouco longe do " meu lado poético "
      Retorno e leio uma poesia como essa ...
      Maravilhado com sua capacidade de com tinta , pena, e papel, elaborar teus sentimentos em poesia.
      Parabéns...

    • Helena Rodrigues

      Belíssimo e sublime poema, intenso de sentimentos , guardados...
      inacabado, ainda guarda a esperança de quem sabe, numa outra dimensão possa vivê-los como gostaria...!
      É sempre um prazer ler seus " exercícios poéticos " rsrs
      Grande senhora de letras
      Abraço

    • João Jorge o Poeta Sorridente

      Ó Maravilhosa Dama D'Arte de amar. Adoro seus nobres poemas, Eles são verdadeira Luz em meu horizonte sombrio!!!... Seja minha amiga oficial, Sff. M. O. Beijinho.

    • Artur Curadete

      o modo como tece a história, a fluidez dos versos, as rimas delicadas, um espetáculo, obrigado poetisa!

      • Maria dorta

        Agradeco_ lhe eu pela leitura atenta e pela beleza do comentário!

      • Edla Marinho

        Amiga, você sempre fazendo belos exercícios poéticos.
        Sou fã, você sabe.
        Meu abraço.

      • Maria dorta

        Agradeço de coração seu incentivo,amiga. Bjs



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.