Shmuel

Na aridez, desamor

Um sorriso bastaria, Pra voltar minha alegria, Moço eu nem durmo mais,     Eu perdi a minha paz, Quero palavras lindas, sol, lua e flor, Pra ver a tristeza as mínguas, Tenho as rimas definidas, Qual seresteiro cantador, Mas essa conta não fecha,  me falta um grande amor, Meu canto triste ficou,  Mas do meu canto eu nao arredo, Mesmo sendo a saudade,  o preço que eu carrego,    Me recordo da silhueta,      E da saudade que se alojou, Ainda dei um aceno,        Só a porteira notou, Eu choro todos os dias, Não escapa um, meu senhor,     Até parece exagero,   Não tolero alvoroço, Se choro fosse disputa seria sempre o primeiro, Eu moro longe da praia,          E meus olhos marejou, Quero palavras lindas,  dignas de poesias, Pra dizer ao meu amor, Que um sorriso bastaria,   Na condução desta dor, Não estou triste, Nem alegre, Estou parado, inerte, na aridez, desamor.

Comentários11

  • Elfrans Silva

    Seresteiro cantador, sem amor não dá pé, né amigo? Só sai modinhas de saudade. Só sofrência. Mas seu poema está lindo meu jovem. Parabéns

  • Shmuel

    Obrigado, meu timoneiro!
    Abraços ao grande poeta, Elfransilva.

  • Hébron

    "...Mas do meu canto eu não arredo..."
    Grande, Shimul!

  • CORASSIS

    "Quero palavras lindas, dignas de poesias, Pra dizer ao meu amor, Que um sorriso bastaria, Na condução desta dor, Não estou triste, Nem alegre, Estou parado, inerte, na aridez, desamor."

    poema carregado de esperança de um grande amor! escreveu de maneira magistral!
    abraço amigo colibri.

  • Dr. Francisco Mello

    Mas bah... poeta. Gostei um eito, tchê. Compadre velho... tudo explicitado, nos mínimos detalhes.
    Sugestão: reconquista, vivente. Buena suerte, buenas noches e baita abraço.

  • Lady Hawke

    Amor e desamor...
    Até meus olhos marejaram com seu poema.
    Parabéns poeta


    • Shmuel

      Ah! Você é tão generosa Lady Hawke. Fico muito feliz com seu sútil comentario.
      Abraços poeticos!

    • Helena Rodrigues

      Meu caro amigo
      Mas que "Palavras lindas de poesia"
      Você já disse tudo...
      Mas que desamor é esse que não está atento ???
      Muito lindo aplausos
      E um baita abraço

    • Shmuel

      Obrigado, dócil poeta! Aprecio muito sua presença na minha na minha página.

      Abraços,

    • Claudia Casagrande

      Amor e desamor geralmente inspiram... e inspiraram profundamente você.
      Seu poema é maravilhoso.
      um grande abraço

    • Shmuel

      Querida poeta, Cláudia Casagrande, a inspiração de vez em quando aparece. Então a gente se deixa levar por esse mágico. Um forte abraço a poeta.

    • Paulo Roberto Varuzza

      Saudade, amor, tristeza



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.