Ema Machado

Sonho não concreto...


Aviso de ausência de Ema Machado
NO


 

 

Havia um horizonte

A mim, bastaria uma ponte

Mas, em cada canto brotou uma torre... 

O concreto cobre tudo por perto

E o caminho dos olhos

Carrega hoje um deserto…

 

Como pode?

Embora, nada seja eterno

Anseiam chegar ao céu

Construindo o próprio inferno…

 

Havia um horizonte

Hoje, construo elos

Que me elevem à (mundos) paralelos...

 

  • Autor: Ema Machado (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 24 de Janeiro de 2021 16:02
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 23

Comentários7

  • Shmuel

    Poema sensível e carregado de inspiração.
    Abraços, Ema.

    • Ema Machado

      Gratidão, amigo Shmuel. Grande abraço,

    • Hébron

      Belo poema, elegante, com um ar transcendental e intrigante paradoxo.
      Muito bom!
      Abraço, poetisa

      • Ema Machado

        Gratidão, Hébron! Grande abraço,

      • Claudio Reis

        Uma indignação altruísta faz a poetisa construir novos mundos, poemas.

        Quanta sensibilidade, parabéns Ema Machado, poetisa.

        • Ema Machado

          Gratidão, Poeta! Um prazer receber seu comentário. Grande abraço,

        • Jose Fernando Pinto

          Maravilhoso!!!! Parabéns Ema!

        • Ema Machado

        • Dr. Francisco Mello

          Mas bah... uma puxada de orelha sociologicamente correta. Gostei barbaridade. Parabéns poetisa, baita abraço, tchê. Buena semana.

        • CORASSIS

          Bela inspiração Ema ,
          bom ler te .
          Lindo.
          Abraço.



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.