Metamorfoses

Ema Machado


Aviso de ausência de Ema Machado
NO


Metamorfoses...

Quando você chegou

Ainda não era flor, verdejavam os galhos

Neles, timidamente, pousavam alguns passarinhos

Nunca, aqui fizeram ninho...

Quando cresci, beijaste-me

Eras o colibri, sustentava-se no ar

Vivias de flor em flor

Evitavas pousar...

E eu, já estava sem ar...

Quando desabrochei, você se entregou

Aqui construiu seu ninho

Não quis mais ser a flor...

Com você me fiz passarinho, aprendi voar

E o céu se abriu inteiro, no azul plainamos

Foram longos, ou breves anos?

Não sei precisar...Passou, passamos...

Hoje, sou gaivota solitária

O céu ainda é minha casa

Há tantas tempestades, tantos desencantos

Ventos impulsionam, nunca mais fui flor

Não anseio raiz, nem canteiros, só asas...

Às vezes sou lagarta, construo casulos

Rompidos, abro as asas... O céu é novamente minha casa

Mas, nas borboletas, fragilidade pesa

Volto a velha forma, faço-me gaivota...

Ema 27/12/2020

  • Autor: Ema Machado (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 28 de dezembro de 2020 20:19
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 16

Comentários5

  • Edla Marinho

    Viajei nas nuvens de sua poesia, principalmente embalada pelo fundo musical!
    Sou sua fã, e pretendo aprender a poetizar assim.
    Meu abraço, com carinho!

    • Ema Machado

      Não seja por isso, também sou sua fã. Nada precisas mudar, é sentimento que fala e o seu é divino! Grande abraço, querida amiga,

    • Jose Fernando Pinto

      Maravilhoso Ema, parabéns por tão linda metamorfose. Grande abraço!

      • Ema Machado

        Gratidão, amigo poeta! Grande abraço,

      • Shmuel

        Poema de rara beleza! Como é bom se valer dessas metamorfoses, e de repente, ser flor, largata, borboleta. E sair por aí feito um passarinho dispersando e polinizando amor.
        Abraços a grande poeta, Ema Machado.

      • Claudia Casagrande

        Como são lindos seus poemas.

        grande abraço

        • Ema Machado

          Obrigada, menina! Grande abraço!

        • Lilian Fátima

          Linda poética. Meus parabéns

          • Ema Machado

            Gratidão, menina linda. Grande abraço,



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.