Poema de Bráulio Bessa sobre vítimas do Covid-19 vira canção por Chico César

Poema escrito pelo poeta Bráulio Bessa sobre vítimas do Covid-19 se torna canção com melodia de Chico César.

Bráulio Bessa Chico César poema

O poema, intitulado de “Inumeráveis”, reúne dados de um memorial em homenagem às vítimas do novo coronavírus.

A música, qual Chico compões a melodia e gravou um vídeo qual fora postado em suas redes sociais, dá ênfase ao verso:

“Se números frios não tocam a gente, espero que nomes possam tocar”.

 

Sobre o poema

Bráulio Bessa, escritor cearense que se descreve como “fazedor de poesia”, escreveu o poema tendo como objetivo impedir que as vítimas do Covid-19 sejam apenas mais um dos números nas estatísticas diárias.

Bessa é um cordelista muito popular na internet, meio qual encontrou para resgatar a literatura de cordel. Seus vídeos publicados já passam das 250 milhões de visualizações. Ele também é o criador do projeto chamado de ‘Nação Nordestina’, qual promove a cultura do nordeste através da internet.

Com melodia de Chico César, “Inumeráveis” teve melodia composta para se encaixar a métrica da letra do poema de Bessa. Bessa, além de poeta, é também cordelista e palestrante, tendo já dois livros publicados.

Chico César, que é cantor, compositor e também escritor paraibano, subiu o vídeo interpretando a canção no dia 14 de maio em seu Instagram. No vídeo, apenas com voz e violão, Chico interpreta a seguinte letra:

 

Comentários1

Enviar comentário