Shmuel

Tenho tempo

 

 

Tenho tempo

 

Tenho tempo e não barganho

A demanda é grande

E o pão não esta ganho

Tenho chorado rios, mares e oceanos

Vejo navios perdidos e faróis esquecidos

Órfãos da tempestade

Que anseiam por repouso

E uma noite tranquila

Sem susto, sem violência

Com a certeza do retorno

e o almoço em familia

Coisas simples e corriqueiras

Que não requer planos

Nem avisos com antecedências

Tenho tempo

Só não tenho a tal liberdade

E apesar de tudo,

Eu ainda sei sorrir

Um sorriso de verdade

No lombo eu trago as marcas

De todas as crueldades

Se eu bater em sua porta

Por favor, não me ignore

Põe a chaleira no fogo

Me ofereça um café

Se possível, sirva um pão

Para eu me manter de pé

Coisas simples e corriqueiras

que acontecem no mundo

Pelo menos no meu mundo

Acontece

Chamamos isto de vida

Tenho tempo

Se tens café!

Já temos um bom começo.

 

 

Comentários7

  • Zaira Belintani

    Licença pra favoritar!

    • Shmuel

      Fique a vontade pra favoritar, Zaira!
      Abraços e uma ótima semana.

    • Shmuel

      Gostei muito que tenha se identificado/gostado do poema Tenho tempo.
      Zaira, estou me esforçando para ler os poemas deste site. São muitos, e aos poucos vamos descobrindo pérolas maravilhosas. Acompanharei seus poemas, e nos tornaremos amigos da poesia. Abraços e muita inspiração.

      • Zaira Belintani

        Obrigada, Shimul.
        Teremos tempo.

      • NeivaDirceu

        Poeta Shimul, você me fez lembrar do poeta mineiro Carlos Drummond de andrade que em suas poesias dizia: “Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes”... E sua poesia alça voos para se descobrir e redescobrir com apenas uma xícara de café... Se tens tempo uma xícara de café e uma prosa, já é um meio e um começo... Parabéns me fez ir além...

      • Shmuel

        Poeta, NeivaDirceu,
        é sempre prazeroso ler comentários acerca de nossos poemas. Pra voce ter uma ideia, sempre escrevi, e poucos tiveram contatos com os meus poemas. Até os parentes ficavam surpresos com essa vertente. Este anos resolvi compartilhar. Mostrei para alguns, frequentei uma praça com alguns jovens poetas, e agora este site. Então, eu fico extremamente vaidoso (menos.kkk) quando eu leio POETA SHIMUL, ou SAMUEL.
        Muito obrigado mesmo! Me direciono a você, mas estendo minha gratidão a todos.
        Ps. Todos os comentarios são importantes sempre.
        Abraços

      • Cecilia Merces Vaz Leandro

        Adorei o poema!!!! Belos versos!! Parabens!!

      • Shmuel

        Obrigado, querida poeta.
        Abraços!

      • Shmuel

        Sara Stefanie, fiquei muito feliz por ter favorita do este poema.



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.