Incógnita

Maria dorta

Então nasci...

Logo fizeram_ me chorar.

De pranto ali me ungi.

Era treino para me habituar.

A na Terra habitar.

Ainda não sei a que vim.

Anos passando por mim...

Tatuando_ me com alegrias,

Também  com alguns desgostos.

Pelo caminho os desconfortos, 

deixando_me a alma alerta,

coisas vividas em um quase espanto,

tristezas escorrendo como pranto.

Flores brotaram pelo caminho,

aprendi a enfeitar meu jardim,

Perfumei meus dias assim.

Fiz meu caminho andando, 

ainda hoje vivo me perguntando: 

A que vim?

Ainda não respondi...

Só sei que,um dia, nasci,!

Maria Dorta  28_03_2023

  • Autor: Maria dorta (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 21 de março de 2023 01:34
  • Comentário do autor sobre o poema: Sopa de letrinha na noite...
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 34
  • Usuários favoritos deste poema: SANTO VANDINHO, Vênus.

Comentários13

  • Shmuel

  • Shmuel

    ..."ainda hoje vivo me perguntando:
    A que vim?
    Ainda não respondi...
    Só sei que,um dia, nasci,!"...

    São essas questões que me centraliza, são bússolas que indicam o futuro das coisas.
    Bom dia Dorta!

    • Maria dorta

      Bom dia amigo Shimul. A incógnita da vida! Abç

    • jroberto.bsb

      "A que vim?". Aqui chegamos para a felicidade de ter você para nos brindar com belos poemas.

      • Maria dorta

        Quanta nobreza e gentileza tua. Gratidão pela leitura e comentário! Abç

      • Watafakovisk

        me lembrou o novo filme do Inãrrito; Bardo, recomendo muito

        • Maria dorta

          Gratidão por tua interação com meu modesto poema. Não conheço esse produtor de filmes. É espanhol? Pode me dar detalhes?

          • Watafakovisk

            ele é mexicano, então tem muita critica sobre o conservadorismo e ultranacionalismo americano no filme também. O filme tem no Netflix, também tem referencia das outras obras desse diretor que eu vou recomendar também kkkk

          • SANTO VANDINHO

            Reflexivo e muito bonita poesia ! Viemos Si Cuidar e Cuidar desse Universo Infinito ou Origem Criadora (Apelidada de Deus) e muitos outros nomes, formando esse Caos dos Diachos (Eu Acho) rsrsrsrssr Paz e Bem Poetisa !

            • Maria dorta

              Bom acreditar nisso! Gratidão pela tua interação aqui. Abç

            • CORASSIS

              Você veio para colorir o mundo de poesia e amor e paz .
              Parabéns , belo poema !

              • Maria dorta

                Oxalá fosse! Gratidão pela tua interação aqui. Abç

              • Menino e a Lua

                Nasceu uma poeta que espalha sua sabedoria em linhas e versos. Como sempre costumo lhe dizer a vida nada mais é que um longo poema, hora dolorido, hora alegre. Entre um verso e outro os espaços em branco nos confundem mas se paramos para observar são propositais para que não haja uma conclusão enquanto o poema não acabe. O importante é fazer bonito! e você faz minha amiga!

                • Maria dorta

                  Você fez um poema quase épico com sua observação arguta no meu singelo poema. Tão jovem mas você sim,tem um talento gigante e precisa voltar a publicar no MLP para alimentar as almas carente de beleza e filosofia de vida como a minha. Gratidão por tua interação no meu poema,valorizando_ o mais que necessário. Precisamos de tua sapiência e teu talento poético!

                • Ernane Bernardo

                  "... ainda hoje vivo me perguntando:
                  A que vim?
                  Ainda não respondi...
                  Só sei que,um dia, nasci,!"

                  Vieste para colorir nosso jardim e do choro fez regar um belo poema para no presentear. Belo! Poetisa Maria Dorta, abraços poéticos.

                  • Maria dorta

                    Uma observação arguta e poética como a tua fez meu poema mais rico. Uau! Gratidão amigo colibri!

                  • Vênus

                    Acho que todos temos essa dúvida dentro de nós. Já você, eu tenho certeza que veio pra embelezar e alegrar o mundo com suas belas poesias.

                    • Maria dorta

                      Fico lisonjeada por tantos elogios. Sou ainda uma aprendiz nesta Seara. Aprendo com você e outros talentos que aqui versejam. Gratidão pela interação!

                    • Altofe

                      "Flores brotaram pelo caminho, //aprendi a enfeitar meu jardim, //Perfumei meus dias assim." Querida poeta, aqui entendo uma metáfora sobre as belas poesias que nascem em sua jornada, as quais compartilha sempre conosco, os seus fãs. Obrigado. Abs.

                      • Maria dorta

                        Uau! Se tenho um fã como você,Altofe, já me sinto entronizada no Panteão grego dos poetas de renome! Sua generosa interação com meu poema colocou_ o em outro patamar. Gratidão pela palavras e tua generosidade com minha sopa de letrinhas"!

                      • Antonio Olivio

                        Maravilhoso poema !!!
                        Escrito no dia do meu nascimento, porém a sua poesia nasceu 51 anos depois e eu poderia certamente dizer que escrevi com as palavras que você concebeu!!!

                      • Maria dorta

                        Parabéns pela tua presença na Terra. Você,certamente,veio para torna_ lá mais bela e enriquecida com tua generosidade e talento. Bom te_ ló como leitor e amigo.

                      • LEIDE FREITAS

                        A que vim? Excelente reflexão...

                        Cara poeta Dorta...
                        Eis a questão. A pergunta que não quer falar! Acredite! Todos nós em algum momento fazemos essa mesma pergunta...

                        Boa noite e excelente fim de semana!

                        • Maria dorta

                          Uma honra te_ lá como leitora! Gratidão pela tua interação com meu poema! Abç



                        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.