Shmuel

Anjos

Às vezes, me pego a pensar

Nas coisas; homem, mulher

Sacolas, sapatos, calçadas irregulares, e vejo exatamente ali, os passos apressados destes anjos zelosos e preocupados,  

observo o seu andar cansado,

olhar perdido, estressada 

 sem perfume,

Troca a vaidade por sacolas com pão, sacolas coloridas com balinhas e guarda-chuvas açucarados 

Às vezes são loiras, brancas e ruivas 

Algumas morenas, negras

Brasileiras, nigerianas, indianas, egípcias,

me pego a pensar neste coral de anjos,

São magras, baixinhas, gordinhas, esguias, e esgotadas

São divindades e inventam alimentos

Em suas sacolas de cores diversas 

Pouco sei sobre anjos, 

Mas todos os dias

Elas surgem nos trens, nos ônibus lotados, invadem os subúrbio com suas bolsas escassas de recheios,

Enquanto em seus ventres vão tecendo anjinhos,

São lindas! Seus sorrisos de mães, avós,  tias e filhas, iluminam os guetos, irradiam o mundo,

São anjos amigos, amas de leite, amas secas, 

Com suas sacolas de rafias, seus pães, e paz 

São seres intercessores,

Conceição, Maria, Rosa, e Celeste

São anjos em um céu desigual e azul, 

mas todas são lindas em suas vestes douradas e celestiais.

  • Autor: Shmuel (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 13 de Setembro de 2022 00:47
  • Comentário do autor sobre o poema: Em conversa com uma poeta e após ouvir as músicas Negrita Martina e a Anjelito negros do inesquecível Raices de América, me veio esta inspiração. Nota: Em umas das letras; o pai volta para casa, sem conseguir trabalho e diz para filha: não te trago harina, tão solo uma flor.
  • Categoria: Espiritual
  • Visualizações:
  • Usuários favoritos deste poema:
  • SANTO VANDINHO, Ema Machado, LEIDE FREITAS.

Comentários8

  • SANTO VANDINHO

    Reflexiva poesia sobre os Anjos Femininos que mais se aproximam da Origem Criadora, pois dar a Cria e o Alimento (Nessa Dimensão, quiçá o Universo formado por Anjos e Anjas Decaídos e seus Descendentes ! / Paz e Bem Poeta !

    • Shmuel

      Obrigado Santo Vandinho! Fico feliz pelo comentário e por favoritar este poema.
      Abraços ao poeta!

    • Vilmar Pereira

      Os anjos, sempre, estão a nossa volta para zelar por nós; sejam eles em espectro ou em carne e osso. Parabéns pelo poema... Um abraço e tenha um bom dia!

      • Shmuel

        Obrigado nobre poeta e amigo! Sempre é um prazer tê-lo aqui em minha página.

        Abraços!

      • Maria dorta

        Uma prosa_ poema,onde com mão de Mestre,pintastes uma aquarela humanizando os Anjos e divinizando as mulheres,com muita razão. Elas geram,alimentam com seu leite,cuidam e educam as crias. Pelos filhos podem até se imolar! Em seus corpos não geram apenas outro corpo e sim,fabricam- lhe uma alma. Quando serão socialmente reconhecidas? Cabe a esta geração,cuida_ Las,livra_ Las da morte de algozes homens,enfim,protege_ Las. Homens como você,poeta,fazem a diferença no Mundo. Aplausos!

        • Shmuel

          Obrigado minha querida poeta... te admiro muito, viu!
          Abraços!

          • Maria dorta

            E recíproco,Shimul!

          • @(ND)

            Poeta amigo Shimul, amei a metafóra, nossa que lindos versos, unico , reflexivos e de uma sensibilidade sem igual. Amei ! Obrigada por patilhar poeta! Abraços e boa noite!

            • Shmuel

              Oh, NeivaDiceu que comentário bacana. Fico imensamente feliz!
              Abraços nobre poeta!

            • Maximiliano Skol

              Magnífico tributo ás mulheres, esses anjinhos, que embelezam a vida, por serem simplesmente de encanto e de inspirarem sentimentos como aqueles no seu poema, prezado Shmuel. Esses anjinhos tão diversos em beleza, alegria, e sofrimento. A Bíblia fala duzentas vezes em anjos e você nos deu uma descrição poética desses seres celestiais.
              Um forte abraço.

              • Shmuel

                Que bom ler tão gentil comentário. Meu querido Maximiliano Skol, um forte abraço no mestre.

              • luamar

                Que bela arte, caro poeta Shmuel. Gratidão por partilhar conosco!
                Como é bom acreditar que a todo o tempo os anjos caminham entre nós.
                Todos nós temos um anjo da guarda, e oque seríamos de nós sem eles, não é mesmo?!
                Tenho uma paixão em particular pelos anjos e suas imagens, a muitos anos, ganhei uma imagem, de uma pessoa pra lá de querida, e a guardo com muito amor. Todas as vezes que olho para ela, me lembro justamente que nossos anjos estão mais próximos do que imaginamos!

                • Shmuel

                  Obrigado por ler e comentar, nobre poeta, Luamar. Olha que lindo então você tem um anjo da guarda.
                  Abraços!

                • Natasha Leite

                  Gostei da comparação das mulheres com os anjos. Poesia rica, cheia de sabedoria.
                  Abraço, fica na paz.

                • LEIDE FREITAS

                  Excelente poema! Uma justa homenagem a todas as mães. É o anjo de cada dia que está sempre disponível para nós. A comparação é perfeita.

                  Boa tarde, caro poeta Shmuel!

                  • Shmuel

                    Obrigado, minha poeta favorita, Leide Freitas!

                    Abraços



                  Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.