LEIDE FREITAS

DEUS-MENINO!

DEUS-MENINO!

 

O amor é um deus invisível 

que feliz vive em algum lugar

talvez de esconde-esconde

o deus-menino goste de brincar.

Se estamos perto ele vai pra longe

se estamos longe ele quer ficar,

Vivemos a vida nessa brincadeira 

na esperança que um belo dia

o nosso amor possamos encontrar.

Esse antigo deus e muito desejado, 

existe, sim, mas nunca o encontramos 

porque não sabemos onde ele está,

e onde ele está, nem desconfiamos.

A vida é mulher, é multiplica e imprevista 

devemos vivê-la sem nos preocupar 

se vamos encontrar com o deus-amado

pois somente quando estamos descuidados 

é que o amor vem correndo nos encontrar.

 

LEIDE FREITAS 

 

  • Autor: LEIDE FREITAS (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 8 de Setembro de 2022 00:30
  • Categoria: Amor
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema:
  • Shmuel.

Comentários4

  • Shmuel

    Que lindo... concordo com poeta a poeta! O amor é um deu-menino que faz as suas traquinagens de amor.
    Abraços a meiga poeta, Leide Freitas.

    • LEIDE FREITAS

      Concordo plenamente!
      Obrigada por tua leitura e apreciação.

      Boa noite, caro poeta Shmuel!

      • LEIDE FREITAS

        Obrigada por favoritar meu poeminha!

      • CORASSIS

        Linda inspiração belo poema poetisa Leide
        Parabéns , amiga.

        • LEIDE FREITAS

          Obrigada, por tua leitura e apreciação.

          Boa noite, caro poeta Corassis!

        • Vilmar Pereira

          E esse Deus-menino que faz o amor e tudo de bom acontecer... Um abraço e tenha um bom dia!

          • LEIDE FREITAS

            Concordo plenamente!
            Obrigada por tua leitura e apreciação do meu poeminha.

            Boa noite, caro poeta Vilmar Pereira!

          • @(ND)

            Poeta Leide Freitas, lindo poema , linda inspiração amei cada verso! E parei aqui... "pois somente quando estamos descuidados
            é que o amor vem correndo nos encontrar." Gratidão! Tenha uma ótima quinta feira!

            • LEIDE FREITAS

              Gratidão por tua leitura, apreciação e comentário do meu poeminha. Até breve!

              Boa noite, cara poeta Neiva Dirceu!



            Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.