Claudio Reis

VIVENDO UM DIA DE CADA VEZ

Mais uma vez o calendário avança 
Como sempre continuando a saga
Vivendo e aprendendo com os fatos
Meio certo, meio errado
Desfazendo os pensamentos esqualidos
Meio arrumado, meio bagunçado. 
Nem sempre tendo sorte, nem sempre tendo azar
Mas aprendendo a lição pra poder melhorar

Quem espera sempre alcança 
Não há mal que se perdure, nem bem que não se acabe 
O vento varre as folhas secas caídas no chão
Água mole em pedra dura tanto bate até que fura
A paisagem de agora já não é a mesma de outrora 
Os passarinhos deixaram seus ninhos depois de voarem os filhotes
Murcharam as flores azuis quando brotaram as vermelhas
Que uma luz maior venha, fique e não vá embora

Sorrindo pra si porque é preciso superar a dor
Nas flores ter um bom motivo pra se libertar
Reunir as pessoas num dia de Sol e na rua brincar
E quando a lua no céu aparecer, desejar o amor 
Infalivelmente viver cada dia como se fosse o último 
Deixar acontecer! Ouvir o canto dos pássaros, aproveitar.

Cláudio Reis 

Comentários4

  • Ema Machado

    É isso, amigo! Viver cada dia e aproveitar o que a vida nos oferta. Lindos e sábios versos. Grande abraço,

    • Claudio Reis

      Ema amiga querida,

      Está sua simbiose poética me anima mais e mais!

      Saudades amiga, abraços.

    • Claudio Reis

      Ema amiga querida,

      Está sua simbiose poética me anima mais e mais!

      Saudades amiga, abraços.

    • CORASSIS

      Poema carregado de sabedoria amigo , parabéns.

      • Claudio Reis

        Corassis amigo,

        Sempre juntos a poetizar!

        Feliz por sua visita, abraços.

      • Rosa Desirre

        Um poema com provérbios populares e desejos formidáveis
        Parabéns amigo poeta
        Abraços!

        • Claudio Reis

          É sempre prazeiroso te-la aqui interagindo em meio aos nossos poemas, poetisa amiga!

          Abraços, siga feliz.



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.