Vlad Paganini

DEVIR



DEVIR

 

Faço desse momento presente o renascer

Reinvento o melhor, quero o teu suor

Transmuto, mudo, deformo

Componho e recomponho

Danço rodopio giro feito peão

O futuro não é mais ilusão

É e sempre será teu o meu refrão

 

Hoje novos tempos novos ares

Nova temperatura

Invento apago rabisco

Me deformo me borro me rasuro

E encontro em mim a tua nomenclatura

 

Agora eu sou outro

Apago, rasgo, escrevo e me pinto

Penso que mudei transmutei

Mas é no teu corpo que eu me sinto, pressinto

Nada mudei

 

É na tua carne que escrevo

É no teu corpo que posso ser o que sou

Contiguidade do tempo

Reiniciar, recomeçar exercitar o sonhar

E tornar real

 

A vida é o que há de vir

Permitir o amar e sorrir

Recomeçar...

 

Sou agora apenas um pobre diabo

Tua lucidez juvenil é tudo ilusão

Maturidade agora brota em ti feito um vulcão

 

Permito o meu e o teu sentir

Tudo é meu e teu devir

Pra juntos podermos seguir

 

Vlad Paganini

Comentários3

  • Adriele Bernardi

    Uaaauu!!! Tão eloquente, sensual! Seu poema é arte pura, arrepiei!! Você tem muito talento.

    • Vlad Paganini

      Querida amiga Adriele Bernardi, gratidão por suas palavras, a sensualidade está sempre presente em minhas poesias, sou intenso, não sei ser de outra forma. Se puder assista o vídeo de DEVIR no meu canal do Youtube. um grande abraço! gratidão!

      • Adriele Bernardi

        Assistirei, pode deixar. 😉

      • 1 comentário mais

      • Nelson de Medeiros

        Um primor de composição.
        Eloquente e extremamente sensual sem ser apelativo.

        Parabens

        1 ab

        • Vlad Paganini

          Gratidão Nelson de Medeiros, várias pessoas já me disseram que consigo ser sensual e visceral em minhas poesias sem cair na vulgaridade. que bom que gostou. outro abraço

        • CORASSIS

          Bravo!
          Impactante poema .
          Parabéns.

          • Vlad Paganini

            Muito grato Corassis. um forte abraço!



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.