Mony

Sana loucura

No meu íntimo trago o medo do abandono e da indiferença
Poesia é a maneira que aprendi para não enlouquecer
Enlouqueço de desejos, na imaginação
Uma loucura que me tira deste mundo e me leva para onde encontro a paz
Mundo que construí,
Mundo que posso ser quem eu quiser
Sem diagnóstico, profissão e gente para me criticar
Talvez um grande devaneio, que neste momento me encontro
Não preciso de aplausos, de reconhecimento
A única coisa que almejo é o respeito a minha individualidade
De figurinhas repetidas a vida está cheia
Ouso no diferente, no oposto, na simplicidade
Não estou neste mundo, neste espaço para pregar verdades a ninguém
Muito menos ter algo tão subjetivo, avaliado pela razão.
A razão não cabe neste meu espaço. 
Espaço poesia!


Por: Mônica Souza

Comentários2

  • Nelson de Medeiros

    Bom dia poeta.
    Mas, com certeza absoluta! Poesia é passagem para outra esfera, outra dimensão onde a vida é vivida por sentimentos verdadeiros.

    Muito boa reflexão

    1 ab

    • Mony

      Bom dia Nelson
      Obrigada pelas considerações
      Abraços

    • Anny

      É isso mesmo. É uma forma de expressão só sua! É seu espaço, sua individualidade! Muito reflexivo! Parabéns! Feliz fim de semana, muita inspiração!

      • Mony

        Feliz fim de semana Anny
        Você sempre muito carinhosa
        Bjo



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.