Shmuel

O Cavaleiro e a Donzela

 

Seu dia é repleto de afazeres
Verseja, atende e dança
Adepta a leitura
Além de linda, uma meiga criatura
Minhas mãos em tecituras
Para ti, teio versos
De esmera urdidura
Ah, mas pobre de mim!
Que na cercanias de seu castelo
Vagueio, rondo
Sou um mero vagabundo
Nada tenho, só componho
Conto com Deus em sonho
E sigo a cingir os lombos.
(Shmuel)

Olhos que espionam
Admiram desejam
Essa mulher idealizada
Multifacetada 
Sonho de amor, romance
Busca incessante
Dos olhos  ardentes 
Dos pensamentos picantes 
Almas se buscam distantes 
Apostam ser a sua metade
Nos versos que surgem,  aparecem
Palavras, sons, metáforas 
Poetas, homens mulheres 
Buscam abrigo enquanto escrevem.
(Barbara Guimarães)

Nesta busca incessante
Tua imagem em mim se ressalta
Nesta doce loucura Cervantes
Até dos temidos moinhos, sinto falta
Eu, o alucinado cavaleiro, confesso
Sem amor e aventuras
Para minha modesta vila regresso
Se me privam as emoções,       Em clara decisão reintero,      Entregar-me  as  desventuras não quero.
(Shmuel)

Sempre haverá o amor
Sua busca é  uma aventura
Na vida dos cavaleiros 
Que armados, desejam salvar as donzelas 
Hoje, elas estão armadas e  diferentes
Independentes, elas se salvam
Procuram um amor, para amar
Não  precisam de cavaleiro salvador
Para amar, as armaduras devem tirar.
(Barbara Guimarães)

Comentários11

  • Barbara Guimaraes

    Ficou lindoooo! Parabéns Samuel! Fizemos uma boa parceria. E vamos tirando as armaduras...

    • Shmuel

      Que bom que gostou nobre poeta. Também fiquei contente com esta primorosa parceria.
      Abraços

    • Hébron

      Belíssimo, meu amigo!
      Uma bela sintonia entre os poetas.
      Parabéns aos dois!
      Abraço

      • Shmuel

        Obrigado, Hebron, meu poeta e amigo colibri.

      • CORASSIS

        Grande Shmuel com grande parceria com a nobre Barbara .
        Perfeito! abraços

      • Shmuel

        Grande Corassis, Barbara é uma poeta generosa.

      • Maximiliano Skol

        Ambos se harmonizaram no contraponto poético.
        Parabéns.
        Abraços.

        • Shmuel

          Obrigado, caro poeta Maximiliano Skol. Bárbara Guimarães é uma poeta sensível e de fácil inspiração.
          Abraços,

        • Nelson de Medeiros

          Bom dia poeta.
          Muito bom os dois.
          1 ab

          • Shmuel

            Grande Nelson de Medeiros, o meu poeta primeiro! Abraços, dividirei seu elogio com a nobre poeta Barbara Guimarães.

          • Ernane Bernardo

            Aplausos, belo dueto com belo versejar não poderia ter resultado diferente. Parabéns aos dois, Shmuel e Barbara, abraços poéticos.

            • Shmuel

              Meu irmão poeta, obrigado!

              Abraços,

            • Poeta Malume do Brasil

              Parabéns poeta Shmuel e poetisa Bárbara, vocês dois se completam poeticamente, maravilhoso dueto, onde ambos conservam a unidade poética da mensagem e do estilo - Parabéns, amei! Poeta Malume do Brasil.

              • Shmuel

                Puxa, que honra ver este comentário, Poeta Malume do Brasil.
                Grato,

              • Maria Lucia

                Fantástica e harmoniosa parceria para um lindo poema. Gostei muito , parabéns a ambos !!!
                Beijo poético

                • Shmuel

                  Obrigado, minha querida poeta!
                  Abraços,

                • Artur Curadete

                  Simplesmente um espetáculo, e este último verso, tão simples, sensível e profundo, parabéns pelo trabalho!

                  • Shmuel

                    Obrigado a você que me honra com esta presença marcante.
                    Valeu amigo?

                  • Geralda Maria Pinheiro Figueiredo Pithon

                    Fantástico....lindo dueto, parabéns aos dois.....gostaria muito de participar de um dueto amigo poeta....encantada!!!

                    • Shmuel

                      Geralda Figueiredo, será uma grande honra para mim participar de um dueto com você.
                      Abraços,



                    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.