CORASSIS

Senhoras

Eu tenho tatuado no interior do peito
nas veias que carregam meu codinome, bem no fundo,
No âmago do meu eu...
três senhoras distintas: a alegria, a sabedoria e a morte
estas irmãs tão antigas!

A morte é cega e
não consegue reconhecer tantas lágrimas
nos olhos meus!


a sabedoria
que penso ter e não tenho,
pois o que sei é um filhote ainda pequeno!

Ah! alegria ,
está sim, está disponível realmente
em frascos pequenos e tomo medidas pequenas, quase todos os dias!

Comentários3

  • Shmuel

    Um show de poesia, poeta e amigo colibri.
    Abraços,

  • Maria dorta

    Sempre com poemas belos,revelando tua intimidade com a poesia. Chapéu?

  • Ema Machado

    Bela poesia, Corassis! Inspirado! Grande abraço,



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.