Maria dorta

Tradições

Leva tempo se livrar 

do adestramento social- familiar

Ele te põe  minhocas no cérebro, 

um Inferrno, corrói!  E deixa sequelas...

Não deve fazer isso,nem aquilo!

Moça  decente não se dá  ao desfrute.

Saber sentar com estilo, fumar é  vulgar

Ainda nao estava tão na moda imitar

atrizes holywoodiana. Beijar na boca?

Nem pensar! Era escândalo  e falada você ia ficar.

Assim as tradições, velhas concepções 

passavam de mãe para filha,sem questões. 

Tantas interdições, tantas restrições. 

Pior quando vinha embrulhada no papel da religião.

Tudo era pecado e isso na mulher era tatuado.

Vivia-se a mocidade na escuridão  já na aurora da vida!

A mulher era como um bonde,

proibida de sair dos trilhos sob pena de punição. 

Para casar- o sonho de muitas- a virgindade era a moeda de troca.

Às  vezes até  o marido era imposto.

Você casava e ia procriar- destino de todas. Uma casa para cuidar,marido para contentar na cama.

De sexo nada sabia,nunca nisso em sua casa se falava.

Um grande tabu. Você aprendia a ser esposa,para isso 

foi bem adestrada.

Nunca no prazer da mulher se falava. Quem ousava?

Se tinha sorte,fisgava um bom marido

E era até respeitada,mas era sempre  dele as  decisões tomadas.

Assim vivia a mulher oprimida,pouco tempo faz.

Isso mudou um pouco, mas nem tanto! 

Muitos tratam ainda a mulher como objeto.

E se ela o deixar, chegam a mata- lá

Agindo assim provam ser fracos,abjetos.

Mulher é  rainha,mesmo ungida com coroa de espinhos.

Faz jus ao que é , está  se impondo mais, sabe o que quer.

Está  no tempo de sua redenção. 

Com jeito,ternura e carinho tomar sua vida nas mãos.

Vai caber a elas,com a educação que der aos filhos,

Ver finalmente sua valorização e respeito merecidos.

 

Maria Dorta   17_04_2021

 

 

 

 

 

Comentários6

  • Chico Lino

    Dorta, são as formas e formas de manutenção de um patriarcado caquético...

    Massa...

    • Maria dorta

      Grata pela leitura e atenção.

    • Claudia Casagrande

      Parabéns!
      Tema de grande importância.
      Você escreve muito.
      grande abraço

    • Maria dorta

      Você também e6 demais! Não fica atrás. Grata pela leitura!

    • Cebol@zeda

      Bravo! Concordo plenamente!
      Quem dera todas as pessoas pudessem aprender com seu poema

      • Maria dorta

        Grata pela leitura e incentivo!

      • Dr. Francisco Mello

        Mas que baita registro. Parabéns, poetisa. Muito de histórico, com uma relativa carga de Sociologia. Como sou otimista, creio no empoderamento delas. Um amém e um assim seja, tchê. Baita abraço.

      • Maria dorta

        Suas palavras me colocam um sorriso de orelha a orelha! Que poder verbal você tem! Grata pelo afago no meu ego.



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.