Priscila Ribeiro

Composição

Quero compor com tal maestria

Ser encanto em prosa e poesia

Em cada verso ser sim companhia

Fazer belo e perfeito todo o seu dia.

 

No infinito o belo existe

Tal qual estrela resiste

Cintilante ali no horizonte

Parece, às vezes, de mim tão distante

 

Compor em perfeita harmonia

Instante feito mesmo poesia

Tinta e papel de faz perfeito compor

 O poema em árduo labor

 

Singeleza se torna motivo 

Meu ser se transforma em sorriso

Faz o meu dia ser mais que festivo

Singelo sorriso perfeito abrigo.

 

A vida se faz tão fugaz 

O instante que ficou ali para trás 

O poema seguiu em tal instante

Que o verso se fez distante.

 

Verso que insisto escrever

Brilho medido em belo prazer

Dos meus versos espero fazer

sublime universo impresso em você.

 

 

 

 

 

Comentários5

  • lucita

    Sim menina, você é sim uma poetisa, pois você escreve com beleza sobre aquilo que sua inspiração te ordena, e ...
    Isso é sim, ser poetisa ...
    Gosto D+ de seus escritos!

    • Priscila Ribeiro

      Obrigada! Muito feliz com seu comentário. Abraços, poetisa.

    • felipe?fernandes

      Parabéns, poetisa! Seus versos cumprem o propósito de iluminar o mundo.

      • Priscila Ribeiro

        Obrigada, poeta, por seu gentil comentário. Abraços!!

      • Claudio Reis

        Seus belos e virtuosos versos trazem sentimentos puros e sublimes que só mesmo uma menina brincando de roda tem e pode dizer...Sua ternura esta conservada na linda criança que trazes consigo e, que mesmo adentrando o tempo não deixara de existir em você...Solte o verbo, combine as palavras, expresse de coração a verdade e o sonho, o desejo ou uma doce ilusão...Continues juntando as letras para nos contar as belezas da vida com toda alegria, sempre com muita emoção..Parabéns.

      • Priscila Ribeiro

        Lindo, poeta! Muito obrigada, fico feliz por vcs terem cruzado meu caminho. Enriqueceu meu dia! Abraços.

      • Jessé Ojuara

        Disse Pessoa ser o poeta um fingidor e como tal mescla sentimentos sentidos ou não, usando com liberdade seu eu lírico para contar e encantar.
        Parabéns.



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.