Priscila Ribeiro

Fruto esperado

Pego a semente,
o vaso, a terra,
pedrinhas, cascalho,
com muito cuidado,
trabalho, atenção.

Primeiro as pedrinhas,
depois o cascalho,
adubo e semente
na palma da mão.
São todas camadas
de dedicação.

Paciência e cuidado
fazem bem o trabalho.
Fertilizo o solo,
molho a semente,
adubo a terra.
Espero, enfim,
o perfeito fruto
nascer pra mim.

Surge, então, aquele brotinho,
O primeiro galhinho.
Uma florzinha pequena
aparece pra mim.
O fruto esperado
com tanto cuidado
regado, adubado,
nasce pra mim.
Este segredo
me faz a vida surgir.

 

Comentários2

  • Maria dorta

    Sempre bom celebrar a vida é ter olhos de criança. Aplausos!

    • Priscila Ribeiro

      Obrigada, por seu comentário. O olhar de criança nos permite enxergar com mais veracidade a beleza da vida. Um lindo dia para você, poetisa!

    • NeivaDirceu

      Que linda celebração da vida , poeta Priscila, obrigada pela partilha!

      • Priscila Ribeiro

        Obrigada, poetisa. Você torna este espaço mais bonito! Abraços.



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.