Kermerson Dias

Em abraços

 

Na imensidão entre os braços

Gentil suavidade dos traços

Entre os nós e sem espaços

Em alívio ao cansaço

Aos que decidem-se afins:

coração, amor e laços.

 

Comentários1

  • NeivaDirceu

    lindos versos, poeta!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.