Carlos Lucena

VERSOS QUE RESPIRO

VERSOS QUE RESPIRO


A poesia é o pulmão dos poetas
E cada verso que ela manifesta
Seja de amor
Seja de alegria
De felicidade ou dor
Seja palavra que contesta
É tudo aquilo que a alma do poeta alcança
E ele gesta em seu seio
O sentimento que em seu coração é lança
Mesmo que está lança lhe parta seu peito meio!

Comentários2

  • Nelson de Medeiros

    Bom dia poeta. Com certeza, com certeza.

    2 ab

  • Carlos Lucena

    Aí, minha querida poetiza, parece que apaguei seu comentário. Mas foi sem querer. O dedo bateu em outro lugar!

    • Maria Lucia

      Oh, Carlos, acontece!
      Fica tranquilo. Abraços e boa noite .



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.