Levy

Taboo pra quem é Cool.

Revoltado, dou-lhe um trato, 

Alimente sua mente com esse belo trago, 

A erva proibida, mais um taboo da vida, 

Álcool escraviza, corte com etanol sua brisa. 

Taboo... 

Que nem sexo com o cu, 

E discutir sobre futebol,

Ops, quis dizer política.

Mas ontem fiquei sabendo que escalaram o tiririca.

Ah a vida.

Sou brasileiro e guerreiro,

Amante da pátria,

Minha mãe me ensinou a não fazer as coisas erradas,

Por isso talvez,

Eu sente das 8h as 6h

Vidrado em meu computador, ignorando a dor. 

E os políticos, verdadeiros Reis;

Passam duas leis. 

Uma para seus merecidissimos salários, 

E outra para foder vocês.

Outra vez...

Sempre me encontro cansado... Um louco revoltado

Que ousou pensar,

Navegando sozinho no sóbrio mar

Pensar...?

Não é mais fácil copiar?

Tantas opiniões lindas no meu feed,

O verdadeiro açougue de bullshit,

A terra é plana, Olavo de Carvalho é cientista.

Meu Deus, acho que essa merda piorou minha vista.

Bem, hora de pôr a culpa nos esquerdistas.

Politica...?

Taboo...?

Maconha...?

...

Que poema bosta, vou tocar uma bronha.

Comentários3

  • Luca T.A

    Meus parabéns!! Ótimo poema.
    Críticas ácidas e afiadas, além de um forte impacto!
    Adorei.

    • Levy

      Agradeço o elogio, é muito importante pra mim saber que tem mais pessoas por aí de mente aberta, principalmente nesses últimos anos.

    • Adriele Bernardi

      Poema incrivel! Hoje em dia só se fala de política baseado em senso comum. Um puxa o outro, ninguém respeita ninguém. Adorei seu jeito de escrever...rimas ritmadas numa mensagem imprescindível a uma sociedade de mente fechada, alienada e reprodutora de ódio. Seu jeito cool de escrever, quase que meio hippie pop também eu amei. Vou aderir haha

      • Levy

        Fico muito feliz com seu elogio, achei que esse poema ia pegar mal hahaha.

        • Adriele Bernardi

          Pegar mal? Kkkk Meu bem, sua escrita é incrivel. Não pare de escrever hein! Quero ler seus proximos textos!

        • Gislaine Oliveira

          Gostei muito, achei sincero, despretensioso e livre. Parabéns, é realmente ótimo.



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.