Ernane Bernardo

Se um dia!

 

Se um dia!

 

Se um dia perderes suas asas… 

Voe na imaginação de um passarinho 

Mas voe, voe bem devagarinho 

Alçando vôos longínquos com calma 

Voando com a essência da alma 

 

Se um dia perderes os teus cantares… 

Cante com a sintonia dos ventos 

Assim eleva-se na leveza dos ares 

E logo verás em belíssimas nuances

 

Se um dia encontrares na alma 

O desejo que fomenta o amor 

Deixa abertas as janelas do coração 

E faça fluir a essência da emoção.

 

_ Ernane Bernardo 

  • Autor: Ernane Bernardo (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 8 de Dezembro de 2023 16:49
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 8

Comentários1

  • Claudio Reis

    Brilhante!

    Abraços amigo Ernane.

    • Ernane Bernardo

      Gratidão! Amigo poeta Cláudio Reis, feliz pela apreciação. Boa tarde.



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.