Vilmar Pereira

Cortina do inverno

Andei muito bem profundo e galante                                                    dentro do labirinto do âmago de mim,                                                        com o meu olhar quase indefectível  pintando telas no colo da minha amante,                                                  mais de perto e muito longínquo do fim                                                          do meu campestre cinzento e indivisível.                                              Cultivando as emblemáticas e raras flores                                                        que surgiram do sublime universo    do meu sonho ledo e irretocável;      enquanto cuidava dos empíricos sabores                                                    que alimentavam o posto do reverso                                                    do meu pensamento fixo e afável.    Com o avivamento do alto do centro do céu                                                      que reluziu a estrela azul do tempo hodierno                                                para colorir o compasso da minha rotina,                                                      por onde tranquilamente vaguei ao léu,                                                            no fechamento da cortina do inverno                                                    que conduzia a minha alada sina.

Comentários5

  • Maria dorta

    Tua " alada sina" o fez produzir um poema com lirismo e muito revelador e chega a revelar a dor escondida. Aplausos!

    • Vilmar Pereira

      O fim do inverno para o sertão significa um alívio para o sertanejo com o final da seca, com a chuva profícua que chegou para nós na noite passada. Grato pelos aplausos. Um abraço e tenha uma boa noite!

    • Shmuel

      Sempre nos surpreendendo com maravilhosos textos poéticos. Gosto da profundidade das tuas palavras.
      Abraços ao amigo e poeta Vilmar Pereira!

      • Vilmar Pereira

        Eu fiquei muito agradecido com o teu comentário. Eu também sou admirador da sua expressão poética... Abraços ao amigo poeta shmuel!

      • Flores e Poesia

        Linda poesia! Concordo plenamente com o poeta Shmuel! Parabéns, poeta Vilmar!!!

        • Vilmar Pereira

          Minha caríssima Flores e poesia, sempre fico agradecido pela sua bela interação em meus poemas. Muito obrigado amiga!

        • (Neiva Dirceu)

          Chegou a primavera, e que em seus dias cinzas, você Poeta amigo possa florescer... Amei lindo poema compartilho o mesmo comentário da poeta Maria Dorta, "O Lirismo em pauta" As dores você consegue superar, faz parte da vida, Que continue assim , cheio de inspirações , pois é muito gratificante ler-te poeta Vilmar Pereira. Abraços! Boa tarde!

          • Vilmar Pereira

            O fechamento da Cortina do inverno fiz uma analogia com o fim da estação da seca. O que por coincidência bateu com a chegada da chuva para o sertão do noroeste de Minas hoje, graças a Deus! Eu fico muito agradecido pelo seu afetuoso e pertinente comentário. Poetisa Neiva Dirceu, abraços e tenha uma boa noite e uma florida primavera!

          • LEIDE FREITAS

            É sempre um prazer ler teus poemas com gosto de campo, seja inverno ou qualquer outra estação.

            Boa noite, caro poeta Vilmar Pereira!

            • Vilmar Pereira

              Obrigado Leide pelo seu carinhoso comentário. Também é um prazer ler os teus poemas... A recíproca é verdadeira. Um abraço e tenha um bom dia!



            Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.