Maria dorta

Sem armas

Amor recusado é exterminador.

Apenas quatro letras mas,causam dor!

Quatro letras a verter sangue.

Tudo em mim foi doado.

Nesta luta estou exangue.

Então, peço_ te: mata_ me de fato.

Mata_ me com faca real: arma branca.

Doera' menos que tua ausência e lembrança.

Quando silente te negas por vingança.

Eu contra_ataco com amor, decerto ele te balança.

Engulo meu orgulho sem jactância.

Meu amor,como sangue jorra. Não o estanco!

Espero_te . Venha desarmado,rendido.

Serei então teu Paraíso.

Eu, também rendida,

com amor desreprimido.

Meu amor,a única faca com que te ataco.

Teus braços, único porto seguro onde minha nau atraco.

Maria Dorta. Seixal 20_08_2022

 

 

  • Autor: Maria dorta (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 20 de Agosto de 2022 09:34
  • Comentário do autor sobre o poema: Apenas exercícios poéticos. Brincando com palavras...
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:
  • Usuários favoritos deste poema:
  • SANTO VANDINHO, Shmuel, LEIDE FREITAS.

Comentários6

  • SANTO VANDINHO

    Reflexivo e agressivo poema ! Mim lembrou do Bolsonaro rsrsrsr Nosso Presidente Armado até os Dentes ! Mas citou uma linda mensagem de amor e o não as Armas ganhou ! rsrsrsr ! Paz e Bem Poetisa !

    • Maria dorta

      Tua leitura e comentário muito me honram. Gratidão!

    • Vilmar Pereira

      Adorei o teu incisivo poema de amor... Um abraço, boa tarde, bom final de semana!

      • Maria dorta

        Honrada com tua leitura e comentário. Abç

      • @(ND)

        Teus versos são, fortes e intensos, linda composição poeta. Abraços Mestra, bom fim de semana!

        • Maria dorta

          Quem sou eu para ganhar este título. " Mestra" fica mais adequado a você em todos os quesitos e quadrantes poéticos! Gratidão!

        • Shmuel

          Intenso e viceral! Um amor em vias de fato! Adorei, gosto da sinceridade, da entrega. Gente indecisa e morna em sentimentos me causa preguiça. Parabéns Dorta, direta e objetiva em se tratando do tema amor.

          • Maria dorta

            Ninguém melhor do que você,Shimul, na beleza e grandeza do dizer e fazer temas de amor mais que perfeitos. Sou ainda aprendiz! Gratidão,com emoção!

          • LEIDE FREITAS

            Meu amor,a única faca com que te ataco.
            Teus braços, único porto seguro onde minha nau atraco.
            Perfeito! Foi um prazer ler-te.

            Bom dia, cara poeta Maria Dorta!

          • Maria dorta

            Estou quase caindo no pecado da vaidade,Leide. Um elogio desses teu, é um afago na alma. Gratidão!



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.