Maria dorta

Preconceito

Seguia senhora de mim,leve assim,

tão segura e plena. De amor abdicara.

Sorrindo,não queria ser flechada,

já desistira ser alvo de Querubim.

 

Descuidada,mirei este teu olhar.

Abelha_ rainha,fui abduzida!

Por teus olhos castanho_ mel a brilhar.

Parecia de febre atingida.

 

Da beleza,vinha de dentro o fulgor,

Ser tua rainha,amar_te queria.

O preconceito social não deixou.

 

Assim,escondi meu amor perdedor.

Teu carinho especial,eu sentia

Mas,coragem de declarar_se em ti faltou.

Maria Dorta. 5_5_2022

 

Comentários10

  • José Altofe Queirolo

    Parabéns por seu soneto caríssima poeta, que nos encanta com tamanho romantismo poético, professando-nos o exemplo de um poema perfeito. Abs.

    • Maria dorta

      Quanta generosidade Altofe! A perfeição ainda não me bafejou no fazer poesia! Eu sigo incansável o caminho das pedras tentando seguir os passos dos grandes poetas. Você é um deles na atualidade. Gratidão com abraços.

    • DAN GUSTAVO

      Preconceito... Sempre ele...! E por falar em 'social'... por lei, diria que o amor também deveria pesar e existir de forma coletiva...! Já que o preconceito, esse famigerado 'sentimento'(se é que eu posso chamá-lo assim) também é um 'julgo'... que o amor também tivesse o mesmo peso então! Mas não ligue, Dortinha! Continue amando, e que bom que essa paixão tragicamente não resolvida rendeu tão lindos versos! Um bom dia, irmã em letras!

    • Maria dorta

      É de nossa sociedade,quase um pouco medieval em certos rincões, julgar,pre_ julgar, condenar e jogar pedras...geralmente nas mulheres( às vezes com outras mulheres liderando!). Somos um país de preconceitos( raça, idade, classe social etc) e isso está tão arraigado que, até os ditos letrados,lidos,inteligentes, caem nas garras do preconceito. Eu,inclusive rsrs...mas generalizei no poema. Sou de quebrar regras. Grata pelo teu inteligente feedback!

    • Vilmar Pereira

      Belíssimo e reflexivo soneto. O preconceito e o cancelamento das pessoas ainda é evidente , em pleno século vinte um. Um abraço e boa noite, amiga poetisa!

      • Maria dorta

        Verdade. São doenças entranhadas em nossa sociedade arcaica! Grata por teu comentário!

      • Izabel civaz

        o preconceito sem dúvida é um dos grandes atrasos sociais! belíssimo poema, um grande abraço!

        • Maria dorta

          É verdade. E continuamos andando com os preconceitos ,aceitando_ os acrítica mente...até quando nao reagiremos? Gratidão pela leitura e comentário!

        • Edla Marinho

          Amiga, boa noite!
          As diferenças sociais, muitas vezes, nos prende, não é?
          Seu exercício poético é uma boa reflexão!
          Tenha uma linda noite, meu abraço!

          • Maria dorta

            Infelizmente uma sociedade pouco desenvolvida como a nossa, ainda cultiva Travos antigos de preconceitos de todo tipo( raça, idade, gênero etc) nisso ainda, às vezes,parece que estamos na Idade Média! Gratidão pela tua leitura e feedback!

          • LEIDE FREITAS

            Cara poeta Maria Dorta você tem excelentes exercícios poéticos... já senti na pele alguns preconceitos. É sempre um prazer ler-te.

            Boa noite e até breve!

            • Maria dorta

              Quem não? Nossa sociedade arcaica conserva os preconceitos de tempos ido, incrível mas é verdade,preconceito de cor,de idade,de raça,de classe ...e por aí vai. Tudo um bando de irracionais. Tempo de agirmos para mudar isso! Gratidão pela leitura.

              • LEIDE FREITAS

                Você toca nas feridas da sociedade de forma prazerosa de ler. Adoro seus poemas. Um abraço!

              • Antonio Olivio

                Terríveis preconceitos , mataram muitos amores e sufocados ainda hoje pulsam no peito dos amantes.
                Mais um belo poema Maria Dorta!

                • Maria dorta

                  Gratidão pela leitura e feedback. Temos que fazer nossa parte,agirmos para acabar com esses preconceitos de uma sociedade arcaica que não muda! Vemos claramente preconceitos de raça, de idade, de sexo (" coisa de mulherzinha"!),de posição social... façamos nossa parte. Combatamos!

                • Claudio Reis

                  O mundo é belo mesmo diante as imperfeições!
                  Feito de diferenças para que assim possamos destinguir o certo do errado!

                  O preconceito é a combinação perfeita da ignorância com a estupidez!
                  Então assim, para aqueles que o praticam ele tem perfeição.
                  Será preconceito definir os preconceituosos assim?

                  Belos versos poetisa querida!

                  Sem preconceitos, mas você é demais!!!

                  Siga feliz.

                  • Maria dorta

                    Perfeita definição para preconceito. Quem o prática pre- julga,condena e nem sabe que sendo preconceituso a si mesmo se aprisiona. Além de ignorante, é estupido,desavisado...gratidão pelo feedback,amigo.

                  • Pedro de Alma

                    Adorei o soneto! tenho visto muito as suas obras sem dizer nada, admiro muito!
                    Preconceitos realmente são um tópico que devia ser melhor e mais explorado na poesia, a senhora fê-lo bem

                    • Maria dorta

                      Agradeço sensibilizada pelas palavras e sua leitura de meus despretensiosos poemas. São meus desabafos noturnos. Sinto_ me honrada. Gratidão.



                    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.