Barbara Guimaraes

Segredos...pecados...

 

Poeminha 
Segredos... pecados...

Talvez os meus segredos  não sejam tão meus ou só  meus...

Talvez eles sejam meus e seus, ou são nossos  segredos...

Talvez esses segredos que pensamos serem pecaminosos  por serem sentidos pelo desejo, talvez não  sejam só  pecados meus,  mas pecados seus,  pecados nossos...

Acho que talvez nem existam esses segredos  pecaminosos nossos...

Acho que são  lembranças  de uma vida não  vivida que guardamos  à  sete chaves e lhe impusemos títulos  dolorosos...

Pensei que  isso alguém pudesse sentir...pensei...

Bárbara Guimarães 
D/A9610 98

Comentários3

  • Nelson de Medeiros

    Bom dia poeta!
    ÔOO!!! Mas que verdadeiro isto!
    Eu o sinto, com absoluta certeza.
    1 ab

    • Barbara Guimaraes

      Obrigada poeta amigo por suas palavras!

    • Maria dorta

      Esses desejos, ou " pecados pecaminosos" ou como se quiser chamar,nada tem de negativos,nem pecaminosos pois essa desejos são coisas normais do organismo sadio e a ideia de pecaminosidafe só se dá no momento em que prejudica.alguem. No mais, é só proibições da sociedade,que com normas morais e religiosas procura " domesticar" alguma animalidade que brota vez em quando,nos membros da sociedade. Tudo é coisa vindo do instinto corporal,se fosse " pecado" a quem impingir isso? Só há pecado quando há malefício ou maldade cruel que prejudique,fira ou mate o nosso semelhante. No mais,são tudo normas sociais e religiosas para haver " paz social" e alguns espíritos viciosos se controlarem e se domarem. Mas,seu poema é belo.

      • Barbara Guimaraes

        Aí Maria! Vc disse tudo! Gratidão por sua atenção e com muita sabedoria revelou nas entrelinhas...

      • Izabel civaz

        boa tarde, que belo poema, nos traz boas emoções. um abraço poetisa.

        • Barbara Guimaraes

          Obrigada querida por sua leitura e comentário!



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.