Marcelo Veloso

DECISÃO É UM ATO SEU

Muito se pede,

mas, pouco se faz,

os olhos nos olhos dói,

e como dói demais.

 

Se os passos são dados,

a marca fica no chão, registrada,

mas, se lhe falta iniciativa,

aí, não tem caminhada.

 

Os propósitos da vida,

devem ter sua vontade expressa,

não no agradar aos outros,

mas, no ajustar que não te impeça.

 

E só assim a verdade se constrói,

sem incógnita e iniquidade,

pois a omissão e a contra-ética,

é um peso p’ra honestidade.

 

Os volumes da carga que carregamos,

não são tão pesados como parece,

é tudo questão de saber conduzir,

se decidimos pela sensatez,

sem a sutileza da falsidade que cresce,

saberemos muito bem como servir.

 

E no topo do bom serviço,

sem a alcunha do arremedo,

teremos sucesso e paz,

independente do apontar o dedo.

 

Como no apogeu do decidir,

firmando um olhar seguro,

sem medo do erro,

não há peso que se importe,

com a chancela da intolerância,

que se esvai no desaterro.

 

De tudo a bonança alcança,

e a vontade se faz sem penúria,

pode-se até abster da vaidade,

mas, nunca escapará da injúria.

 

E o orgulho será uma travessia,

a ser extinta, com peculiar precisão,

por um ato singular e único,

com racional e sóbria decisão.

 

Decidir não é renunciar,

abdicar dos sonhos,

nem se desfazer do que aprendeu,

é uma atitude nobre, particular,

que exige coragem e temperança,

um ato, exclusivamente, seu.

Comentários3

  • Anny

    Verdade! Às vezes as decisões são difíceis. Mas chega um momento que não dá para retardar. Parabéns pela poesia!

    • Marcelo Veloso

      Olá, Anny, obrigado pelos comentários. Realmente, as decisões são difíceis, mas como você bem disse não dá pra retardar - "além de uma atitude nobre, exige coragem e temperança". Abraços!

    • Jucklin Celestino Filho

      Caro Marcelo Veliso, seus versos são inteligentes, bem elaborados. Uma lição de vida.Em cada estrofe, um ensinamento ;na conclusão do poema , sempre o faz, em chave de ouro.
      Parabéns!
      Abraço.

      • Marcelo Veloso

        Jucklin, muito obrigado pela gentileza dos comentários. É gratificante ver seus comentários, pois são bem precisos e preciosos. Abraços.

      • Maria dorta

        Poema original no formato ,com rico conteúdo e valores que todos deveríamos defender. Chapéu,!

        • Marcelo Veloso

          Maria Dorta, como sempre, límpida nas colocações. É muito bom ver seus comentários. Abraços!



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.