Nilivek

Seu fantasma e eu


Aviso de ausência de Nilivek
NO

Para mim, as pessoas nunca se vão.

As lembranças são tão cheias,

Que recriam você só para mim.

Mas gostaria de pedir que não me visitasse a noite,

Porque eu tenho medo do escuro,

E das coisas que se mexem nele.

Também gostaria de pedir que não fizesse barulho,

Porque meu sono é leve

E eu acordo por qualquer coisa.

E por último, queria pedir que não sussurrasse ao meu ouvido.

Tais palavras deveriam ter sido ditas quando ainda estavas ao meu lado,

Realmente.

É difícil dialogar com seu fantasma,

Por isso peço que volte.

Leve consigo todas as minhas memórias.

Leve meu coração. Sim. Leve-o embora.

Comentários3

  • Shmuel

    Muito bom seu poema. Também tenho receio de fantasma. Curioso, ao ler seu poema lembrei da música da Kate Bush- Wuthering Heights.
    Abraços!

    • Nilivek

      Obrigada querido amigo!
      Não a conhecia até então, mas fui ver o vídeo e gostei bastante!!!
      A ideia é parecida. Obrigada por me mostrar!!!!

    • CORASSIS

      Belo !
      concordo com o Shmuel,
      Lembrou a Kate Bush, você a conhece ?
      parabéns , abraços .

      • Nilivek

        Obrigada amigo!!
        Não a conhecia, mas fui dar uma pesquisada.
        Gostei bastante!!!

      • Wendel Alexandre

        Muito legal a poesia! Sei o quanto é indelicado sugerir alterações na obra alheia, mas eu gostaria que o final da poesia pedisse que o fantasma deixasse livre o coração do eu-lírico para que ele pudesse ser repreenchido, não que fosse levado embora...

        • Nilivek

          Obrigada poeta!!!
          Não há problema algum em sugerir alterações. Sua ideia é maravilhosa, amigo!!!



        Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.