santidarko

O desfaceado reflexo do espelho com face- de-lápide


"A imaginação,tem sua realidade";
...o destino dos  pensamentos outrora nascidos de doadas esperanças--- perante ás aterrorizantes solidões,
vagaram sozinhos, com sua triste iniquidade!


Há proferidos dizeres de fúria e medo,
ofertados ás testemunhas de minha Mundo- revolta,
dos quais...
 não mais, poderei" tê-los de volta".


"A arara de meus sonhos"...
"o ventre que fecunda os meus desejos"...
"a notívaga arena com o seu pousar de grandes asas de alvos-ensejos"...-;

crepitações...
ás quais minha Alma ,não mais suporta sem uma sequer vitória,
...para com sua simplória História.

Comentários1

  • Cebol@zeda

    Mais um belíssimo poema gótico!!! Parabéns, você é bem poético!

    • santidarko

      Salve Cebol@zeda!
      OBRIGADO,companheiro e amigo Poeta!



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.