Fernando Pena

Verdades

Quantas verdades você arranca de mim?

Entra de mansinho no meu coração e vai abrindo

as caixas da verdade uma a uma

Sempre com uma palavra de carinho

Abre minhas feridas e com mãos gentis  as fecha

Quem é você mulher?

Que faz com que eu tire a mascara 

E me mostre nu para você

Carrega minhas verdades com você

Coloca nas caixas as boas

E joga foras as ruins

E me faz entender

Que precisamos ser verdadeiros

Sem mascaras 

Você com seu jeito doce

Vai fundo e me afaga

Quando a verdade doí 

Não recrimina 

Apenas mostra as duas estradas

E deixa que eu escolha

E eu sempre vou escolher

A que me leva a você

Simples assim

 

Comentários3

  • rosane Heart

    Maravilhoso ! Lindas palavras ! Do fundo da alma! Obrigado por compartilhar seus poemas e seus sentimentos

    • Fernando Pena

      São sentimentos que uma linda mulher me passa, simples assim

    • Nilivek

      Que poema lindo!
      Parabéns

    • Cecilia

      Poema lindo, bem feito, harmonoiso e simples, uma preciosidade!

      • Fernando Pena

        Obrigado querida por suas gentis palavras
        Abraços



      Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.