Ana Vilarejo

Beijo nas mãos

Beijo nas mãos

Carícias
Com o olhar

Sinto nosso cheiro
No ar

Ouvindo tua voz
Sussurrar

O que quer 
Falar

Falar segredos
Tocar os dedos

No cetim
Cor de sangue

Pra selar
Nosso amor.

- Ana Vilarejo

Comentários1

  • CORASSIS

    Amor que nos embriaga de poesia ! lindo.
    Parabéns Ana , abraço.
    l

    • Ana Vilarejo

      Olá, Corassis boa tarde.
      Que assim seja sempre
      embriaguez de amor e poesia.
      Gratidão poeta.
      Forte abraço!



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.