PB Almeida

Chão



Chão...

Teus passos marcam e eu consigo ver o peso da sua história

Anda confiante, com o nariz empinado

Mas tem um ar sereno, sempre educado

Teu perfume doce que enche nossos pulmões

Quero ouvir sua voz suave cantando suas canções

Teu nome significa "guerra"

Talvez por isso sua vida tenha tantas batalhas

Mas não importa o quanto lute

Nunca perca sua risada

Seus olhos, como dois pontos, escondem seus segredos e medos

E ainda consegue do seu jeito

Nos fazer acreditar que somos parte de seu enredo

Você escolhe as palavras como se as guardasse em seu bolso

Tão distintamente, com grande conforto

E eu acredito, sem que você precise me convencer

Que o que tem de bonito existe em você...

  • Autor: PB Almeida (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 8 de Junho de 2021 17:45
  • Comentário do autor sobre o poema: Apenas um treino.
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários5

  • Shmuel

    Li em tempo real
    Muito boa a poesia, PB Almeida.
    Você é top.

    • PB Almeida

      Valeu!! Gostei bastante dessa ferramenta 🙂

    • Ema Machado

      E um belo treino! Parabéns, versos perfeitos e sincronizados! Abraço,

      • PB Almeida

        Muito obrigada pelo comentario, agradeço muito 😀

      • Debora Hack

        Lindo poema! Adorei

        • PB Almeida

          Obrigada 😀

        • Shmuel

          Parabens Pati!
          Saúde, paz e poesia.
          Beijos.

        • Edla Marinho

          Se isto foi um treino... Imagino quando for pra valer!
          Gostei demais, menina poeta!

          Aproveitando para lhe dar os parabéns pelo aniversário, desejar muita saúde e paz!
          É que a inspiração lhe seja companhia constante, sabendo que o presente será sempre dos leitores!


          É uma data querida
          Feliz, muito feliz dia
          Felicidades na vida
          Nos braços da poesia!!

          Meu abraço!

          • PB Almeida

            Que carinho!! Muito obrigada!!! Nada me alimenta mais do que a poesia 😀



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.