Luís Filipe de Araújo

Peixes

essa vontade de explodir,
de ficar,
sorrir
e falar
é
constante no meu Ser.
estou apaixonado,
não torno isso uma prisão, não me prendo, é livre, leve e flui naturalmente;
é um sentimento verdadeiro na sua proporção.
afinal, eu sou vários:
sou humano,
sou lobo,
sou mar,
sou fogo.
são vários sentimentos: uma erupção.
sou tudo aquilo que eu não sei,
estamos todos nós alternando no meu corpo para atravessar à ponte da singularidade
enquanto
todas as células que me formam anseiam por destruição,
fazer tudo desaparecer; ao mesmo tempo que em minha alma toca " The Great Gig In The Sky",
mas é uma destruição calada, interna e sossegada.

Comentários3

  • CORASSIS

    Bravo , gostei MUITO
    Também tenho uma poema chamado:PEIXE,

  • Roseli Furini

    grandes verdades ditas,
    amor verdadeiro não prende, deixa livre! Adorei
    parabéns poeta

  • Adriele Bernardi

    Cara meus parabéns. Seu poema foi tão claro, tão belo, sincero e delicado que tocou o fundo da minha alma, pois descreveu exatamente como sou... pisciana né!? Não tenho como fugir haha



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.